Projeto baseado em história em quadrinhos de Caco Galhardo já conta com mais de 120 colaboradores e tem até 2 de agosto para atingir meta

Encabeçado pelo jovem cineasta Tiago Vieira, o projeto “Quando parei de me preocupar com canalhas” tem como objetivo realizar um curta de ficção baseado nessa obra do quadrinhista Caco Galhardo que há 5 anos teve a sua história original publicado na revista Piauí, em 2008.

A proposta é viabilizar a iniciativa sem contar com nenhum tipo de patrocínio formal. Ou seja, nenhum tipo de incentivo governamental. Para isso o projeto está passando pelo seu período de captação no Catarse, o principal website de crowdfunding do Brasil. Na página é apresentado com um vídeo cartão devisita, de forma objetiva e criativa.

De acordo com o texto divulgado, o principal motivo para se realizar este curta se deu através da pertinência de seu tema. Ao ler a história em quadrinhos, publicada em 2008, Tiago sentiu na figura do protagonista o humor e o sarcasmo necessário para um possível alterego a ser adaptado para o cinema. Claro, os alicerces cravados num momento de crise política nacional foram também fundamentais para que se tomasse esta iniciativa.

Embora seja um tema sócio-político, os produtores avisam que não se trata de um filme militante. A proposta vai ao encontro de outro ponto de vista. Uma visão introspectiva sobre uma situação esgotada, mas que ainda não se deu conta. O filme “Quando parei de me preocupar com canalhas” não quer ser ativista. Com um humor seco, calcado nas mazelas de uma crise de relacionamento do seu protagonista, o curta buscará mostrar um desejo de desprendimento, através de uma tentativa de olhar adiante.

Confira a sinopse:
“Em meio a uma crise política, João Carlos termina seu relacionamento com Mari. Apesar de ter acreditado ser um cara consciente, começa se dar conta que na verdade vive submerso aos repetitivos clichês dos taxistas da cidade: reclamar e, de quebra, tentar se dar bem em cima de um cliente. Enquanto esse fantasma o persegue, sua crise pessoal o leva ao fundo do poço. No entanto, um surto de lucidez faz com que ele tome a decisão mais importante de sua vida. Se alienar.”

Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode colaborar. São opções variadas de valores, desde simbólicos 25 reais, até a cota principal de patrocínio de 5 mil reais. E, para cada uma delas, há uma recompensa específica, no qual o colaborador recebe ao final do processo de realização, caso o projeto atinja sua meta financeira. Caso não atinja, todos os colaboradores recebem seu dinheiro de volta.

O interessante é que o projeto também está aberto a formas alternativas de apoio. Se você é profissional de cinema, de qualquer área que seja, e quer apoiar com sua mão de obra, empréstimos de equipamentos ou de qualquer tipo de estrutura para filmagem; se você é ator ou atriz e gostaria de atuar nesse filme; ou se você acredita que pode apoiar a iniciativa de alguma outra forma, por exemplo, cedendo locações para filmagem, carro para transporte da equipe, alimentação, figurino, objetos de cena, entre outras coisas, você pode entrar em contato com a equipe via e-mail.

O prazo de encerramento de colaboração para o projeto é 2 de agosto de 2013, e até o momento já conta mais de 120 apoiadores que se identificaram e acreditaram na qualidade da proposta. Acessando o link do projeto há mais informação detalhadas sobre o diretor, sobre o autor, a equipe técnica, cronograma, plano de filmagem, plano de distribuição, contrapartida e orçamento detalhado. Confira o projeto no Catarse, clicando aqui.

Renato LebeauquadrinhosCaco Galhardo,Catarse,Quando parei de me preocupar com canalhas,Tiago VieiraProjeto baseado em história em quadrinhos de Caco Galhardo já conta com mais de 120 colaboradores e tem até 2 de agosto para atingir meta Encabeçado pelo jovem cineasta Tiago Vieira, o projeto “Quando parei de me preocupar com canalhas” tem como objetivo realizar um curta de ficção baseado nessa...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe