Fotografia e quadrinhos contam a guerra do Afeganistão. O Fotógrafo 3 encerra a série premiada no festival de Angoulême

Neste terceiro e último volume da premiada série O Fotógrafo, que será lançada em julho pela Conrad Editora, é iniciada a viagem de volta ao Paquistão. Decidido a fazê-la sem a companhia dos MSF, Lefèvre se depara com inúmeros obstáculos: desde a incompreensão da língua local até a sua manutenção em cárcere privado por um policial paquistanês corrupto.

Quase á beira da morte, Lefèvre vê sua serena Paris como um destino ainda mais longínquo. Como nos dois volumes anteriores, O Fotógrafo 3 conta essa história real através da mistura de fotos em preto e branco do autor e quadrinhos assinados por Emmanuel Guibert, com diagramação e cores de Frédéric Lemercier.

A jornada chega ao fim. Depois de dois meses acompanhando uma expedição da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) no Afeganistão, o fotógrafo francês Didier Lefèvre conclui a missão de mostrar ao mundo a história e a cultura de um país arrasado pela pobreza e pela guerra durante a invasão soviética em 1986.

Na época, o país era dominado por soviéticos e, revolucionários comandavam uma guerrilha financiada pelos Estados Unidos.

No primeiro álbum – lançado em 2007 – as fotografias contextualizavam o país e a árdua viagem clandestina dos Médicos (e de Lefèvre) do Paquistão ao Afeganistão. No segundo volume, de 2008, o francês registra as atrocidades da guerra com imagens de crianças com pés queimados, homens com globos oculares destruídos por acidentes com fuzis e soldados com mandíbulas estraçalhadas por estilhaços.

Com a publicação deste terceiro e último volume, a série O Fotógrafo termina por mostrar de forma realista e única a prática da medicina em condições precárias em plena guerra fria. E mesmo sem recursos como higiene, privacidade e aparelhos de última geração, a equipe dos Médicos Sem Fronteira à Zaragandara (vila afegã onde o hospital está) dá tudo de si. A população retribui, inclusive deixando de comer para dar alimento aos estrangeiros. Todas as edições são em capa dura, papel couché de boa gramatura e impressão excelente.

Sobre os autores:
Lefèvre é viajante e fotógrafo desde a década de 1970. Suas obras, que incluem fotos de diversos países, podem ser vistas no site http://didier.lefevre.free.fr/.

Guibert é quadrinista desde 1992. Já publicou diversos álbuns, entre eles Sardine de l’espace, Les Olives Noires e La Fille du Professeur. Lemercier fez seu primeiro grande trabalho em O Fotógrafo.

O Fotógrafo 3
Autores: Lefèvre, Guibert e Lemercier
Editora: Conrad
112 páginas
(preço não divulgado)

Renato LebeauquadrinhosAngoulême,conrad,Didier Lefèvre,Emmanuel Guibert,fotografia,Frédéric Lemercier,o fotógrafoFotografia e quadrinhos contam a guerra do Afeganistão. O Fotógrafo 3 encerra a série premiada no festival de Angoulême Neste terceiro e último volume da premiada série O Fotógrafo, que será lançada em julho pela Conrad Editora, é iniciada a viagem de volta ao Paquistão. Decidido a fazê-la sem a...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe