tintin_cia_das_letras

Visto no Gibiteca

Tintim é um dos personagens mais famosos das HQs no mundo. Adolescente sem família conhecida, exerce a profissão de repórter. Na verdade, podemos considerá-lo mais um aventureiro ou detetive.

Apesar de se apresentar sempre disponível, Tintim nunca parte em busca da aventura, sendo ela a se colocar à sua frente de uma maneira puramente acidental. Corajoso, não hesita em enfrentar as forças do mal, sempre em defesa dos mais fracos, minoritários e oprimidos. Engenhoso e inteligente, Tintim é, pela sua modéstia e pelas suas ações, o contrário de um super-herói.

Seu criador é Georges Prosper Remi, conhecido como Hergé (1907-1983).

No Brasil, apesar de não ser muito conhecido pelo público mais jovem, ele tem uma considerável legião de admiradores. Semana passada, quando ainda estava no Rio de Janeiro, pude conferir seu retorno em grande estilo às livrarias.

Foram publicadas todas as aventuras de Tintim em um volume que ultrapassa as 500 páginas. Também é possível encontrar albuns (encadernações de luxo características de quadrinhos europeus) em livrarias como a Saraiva, a Travessa e – é claro – a FNAC. Agora, uma aventura ainda não publicada no Brasil está sendo lançada pela Cia das Letras. Confira a notícia, abaixo.

No próximo sábado, 10 de janeiro, um dos mais importantes personagens dos quadrinhos europeus fará aniversário: são 80 anos desde que Tintim, já com seu indefectível topete e seu cão Milu, estreou no jornal belga “Le Vingtième Siècle”.

Desde então, foram 24 aventuras bem-humoradas, que envolvem mistérios, tiranos e até fenômenos inexplicáveis em lugares que vão do Congo ao Tibete, passando pela Lua. E, pela primeira vez, duas importantes obras do personagem são publicadas no Brasil: “As Aventuras de Tintim Repórter do Petit Vingtièmè no País dos Sovietes” (sua estréia) e “Tintim e a Alfa-Arte”, sua última – e incompleta – história.

As duas edições, somadas aos lançamentos de “Tintim e os Pícaros” (ambientada na América do Sul) e “Vôo 714 para Sydney” (no Sudeste Asiático), encerram a coleção da Companhia das Letras, que trouxe ao país, pela primeira vez, a série completa do belga Hergé.

Para Thyago Nogueira, editor dessa coleção, uma das principais qualidades da série é a contextualização das histórias. “A pesquisa, que era uma preocupação forte do Hergé, de levar o Tintim a países diferentes, é uma característica que se manteve e foi se aperfeiçoando”, diz Nogueira.

Enquanto “Tintim e os Pícaros” e “Vôo 714 para Sydney” trazem histórias que se encaixam nessa descrição, as outras duas são curiosas exceções à trajetória do personagem. “Não são histórias como todas as outras”, diz Nogueira. “‘O País dos Sovietes’ é um desenho um pouco menos acabado do que ele fez depois. E ‘Alfa-Artè’ é uma história inacabada, são os bastidores de uma trama do Hergé”, diz.

“País dos Sovietes” começou a ser publicada quando Hergé tinha apenas 21 anos. O álbum é um embrião do que viria a ser a série. Tintim ainda atua acompanhado apenas pelo cachorro Milu – seu ótimo e divertido rol de coadjuvantes (o capitão Haddock, os policiais Dupond e Dupont, o vilão Rastapopoulos) ainda não havia sido criado.

Hergé morreu em 1983, antes de concluir “Tintim e a Alfa-Arte”, que seria a 24ª aventura do repórter. A edição que chega ao Brasil apresenta o texto em prosa, ao lado dos rascunhos para cada página que já havia sido roteirizada. É uma aula de como fazer HQs.

Curiosidades sobre o personagem

O autor. Georges Remi (1907-1983) nasceu em Bruxelas, na Bélgica. Assinava com o pseudônimo Hergé – pronúncia, em francês, das iniciais de seu nome em ordem invertida

80 anos. Tintim estreou em 10 de janeiro de 1929 no jornal belga “Le Vingtième Siècle”, com “O País dos Sovietes”

Racismo. A versão original de “Tintim no Congo”, publicada inicialmente em 1930, foi acusada de racismo, pela maneira caricatural como são representados os africanos. A Comissão para Igualdade Racial pediu em 2007 às livrarias britânicas que retirassem a HQ de suas prateleiras.

Fonte: http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdEdicao=1164&IdCanal=4&IdSubCanal=&IdNoticia=100105&IdTipoNoticia=1

http://www.bricabrac.com.br/tintim_historia_02.htm

Visto no Gibiteca

Renato LebeauquadrinhosCia das Letras,Georges Prosper Remi,Hergé,TintimVisto no Gibiteca Tintim é um dos personagens mais famosos das HQs no mundo. Adolescente sem família conhecida, exerce a profissão de repórter. Na verdade, podemos considerá-lo mais um aventureiro ou detetive. Apesar de se apresentar sempre disponível, Tintim nunca parte em busca da aventura, sendo ela a se colocar à...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe