chaland

Visto no Terra Magazine – por Cláudio Martini

A trajetória do desenhista francês Yves Chaland foi meteórica. Em 1978, com 21 anos e pouco depois de publicar dois fanzines com seus primeiros trabalhos, começou a fazer parte da equipe da revista Metal Hurlant, que reunia o melhor dos quadrinhos europeus da época: Moebius, Bilal, Druillet e muitos outros.

Junto com colegas como Luc Cornillon, Jacques Terpant e Serge Clerc seria responsável por defender a bandeira da Linha Clara dentro revista.

Como Floc’h, Chaland também escolheu os anos 1940/1950 como cenário para suas HQs. Inspiradas nos quadrinhos infantis direcionados para as crianças belgas e francesas da metade do século passado, as histórias do autor recriam essa época com muita ironia, onde o pastiche e a homenagem a grandes mestres como Franquin, Hergé e Jijé se fundem em impecáveis roteiros e desenhos.

Seu primeiro livro, Captivant, em dupla com Luc Cornillon, lembra um velho almanaque dos anos 1950, ao estilo de O Tico-Tico ou Vida Juvenil. Mas a crítica e a sátira, assim como o sexo e a violência, estão presentes em todas as histórias de aventura e ficção da obra, com uma diversidade de estilos de desenho, tratamento gráfico e colorização que faz pensar que o livro teve não apenas dois, mas sim dezenas de colaboradores.

Em seguida foi a vez do detetive Bob Fish, que em meio a complôs e perseguições conta com a ajuda não solicitada do esperto garoto Albert.

O mesmo Albert que seria um de seus personagens mais famosos na série Le Jeune Albert (O Jovem Albert). Essa série de histórias de meia página, depois reunidas em álbum, foram primeiro publicadas mensalmente na Metal Hurlant.

Um garoto ao mesmo tempo sádico e inconsequente, malicioso e inocente, que vive com seus colegas aventuras na escola e nas ruas da Bélgica pós-guerra.

Seguindo a linha das Aventuras de Spirou e Fantásio, de Franquin, Chaland criaria As Aventuras de Freddy Lombard, onde todo o talento do autor seria mostrado em desenhos excepcionais nos livros Le Testament de Godefroid de Bouillon, Le Cimetière des Éléphants, La Comète de Carthage, Vacances à Budapest e na obra-prima F-52.

Freddy é uma versão adulta do garoto Albert que com seus amigos Sweep e Dina passa por apuros na França medieval, na África colonial ou na Hungria tentando se libertar da dominação russa. Finalmente, em uma trama digna de Hitchcock, F-52 se passa a bordo de um avião futurista, com uma criança desaparecida.

Além desses, Chaland também realizou a HQ de ficção-científica Adolphus Claar e uma série ilustrações para livros para crianças e adultos, como: Kidnapping en Télétrans, Les Cybers Ne Sont Pas Des Hommes e A Mão Decepada, único trabalho do autor publicado no Brasil, pela Editora Scipione, em 1992.

Suas muitas ilustrações e trabalhos publicitários foram reunidos em dois belos livros: Chaland e Chaland et les Publicitaires, da editora belga Champaka.
Infelizmente a Les Humanoïdes Associés publicou recentemente uma coleção com a obra completa de Chaland que reúne os quadrinhos do autor em quatro grandes livros.
Infelizmente, pois Yves Chaland faleceu em um acidente rodoviário em 1990 com apenas 33 anos.

Em apenas 12 anos ele realizou uma das obras mais ricas, criativas e importantes dos modernos quadrinhos europeus, com a qual podemos nos deliciar mas que não terá a continuidade e nem teve o reconhecimento mundial que o talento de Chaland merece.

Site oficial do autor: www.yveschaland.com

Em apenas 12 anos, Chaland realizou uma das obras mais ricas, criativas e importantes dos modernos quadrinhos europeus

Visto no Terra Magazine – por Cláudio Martini

Renato LebeauquadrinhosBilal,Druillet,Floc'h,Jacques Terpant,Luc Cornillon,METAL HURLANT,Moebius,Serge Clerc,Yves ChalandVisto no Terra Magazine - por Cláudio Martini A trajetória do desenhista francês Yves Chaland foi meteórica. Em 1978, com 21 anos e pouco depois de publicar dois fanzines com seus primeiros trabalhos, começou a fazer parte da equipe da revista Metal Hurlant, que reunia o melhor dos quadrinhos europeus...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe