alan-moore-2E tudo termina. Após anos reclamando dos quadrinhos, Alan Moore decidiu sair de cena.

O mago inglês decidiu que este seria o momento perfeito para seu número de desaparecimento, mas sendo Alan Moore quem é, qualquer verdade é apenas uma meia verdade. Apesar de almejar escrever para o cinema, o autor anunciou em alto e gutural som que ainda possui 250 páginas inéditas em sua gaveta. Entre os trabalhos que ainda veremos estão o final da Liga Extraordinária e o Cinema Purgatorio, ambos com arte de Kevin O’Neil.

Brigão e reclamão como sempre, Moore elogiou os quadrinhos como mídia, mas afirmou que além de não dever satisfação a ninguém, ainda pode fazer melhor do que muitos que estão no mercado mainstream.

O barbudo também aproveitou o momento para alfinetar seus “ex-contratantes”, insinuando que não entende como homens crescidos ainda consomem super-heróis. Algo que ele até tem boas lembranças, mas que a fase áurea desses personagens foi há 50 anos.

Reclamações à parte, o autor de histórias como Watchmen e V de Vingança ajudou a moldar a forma madura como os quadrinhos são vistos hoje e, mesmo que suas contribuições tivessem parado nos anos 1990, ele ainda seria um nome de peso.

O novo projeto de Alan Moore, Jerusalém, que possui supostamente 1 milhão de palavras, já está disponível para venda. O resto teremos que esperar para conferir.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/09/alan-moore-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/09/alan-moore-1-300x300.jpgAlexandre DassumpcaoquadrinhosAlan MooreE tudo termina. Após anos reclamando dos quadrinhos, Alan Moore decidiu sair de cena. O mago inglês decidiu que este seria o momento perfeito para seu número de desaparecimento, mas sendo Alan Moore quem é, qualquer verdade é apenas uma meia verdade. Apesar de almejar escrever para o cinema, o...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe