za02

Imagem divulgaçaõ da exposição “O Quixote no Quadrinho Brasileiro”, ilustração de Caco Galhardo

Ocorreu ontem no Instituto Cervantes em São Paulo a abertura do evento que acontece durante toda essa semana em alguns pontos da cidade de Sampa, “O Quadrinho Ibero Americano homenagem a Ziraldo”, que homenageia o cartunista brasileiro pelo recebimento do Prêmio Iberoamericano de Humor Gráfico Quevedos, concedido pela Espanha como reconhecimento ao “compromisso social” e à “grande repercussão internacional” de sua obra.

z01

Na mesa: Francesc Puértolas e Guazzelli

A programação foi aberta oficialmente por Francesc Puértolas, chefe de atividades culturais do Instituto Cervantes, que explicou a proposta do evento, que é apresentar o quadrinho iberoamericano, e explicou o prêmio que o mestre Ziraldo ganhou que é o mais importante da Espanha e é concedido pelo Estado espanhol.

Em seguida ele explicou toda a programação do evento e chamou a mesa Eloar Guazelli, apresentando sua vasta participação em eventos, prêmios nacionais e internacionais e participações em revistas de ilustração de vários países.

A palestra “Quadrinhos e a redemocratização – a Espanha abre os caminhos”, foi ministrada por Eloar Guazelli que falou com muita propriedade sobre o assunto, e discursou com muita emoção, já que ele tem grande afinidade com a Espanha, Argentina e Uruguai e trabalha há 10 anos com uma editora de Valência e também de Madri.

z08

Eloar Guazzelli

Como o assunto abordado na palestra era de conteúdo muito dramático, as ditaduras na Espanha e Argentina, que duraram respectivamente 40 e 6 anos, frase fortes e marcantes como “Todos são vítimas do totalitarismo” e “Os quadrinhos são a reflexão humorada mas que exige contundência”, “A maior herança da ditadura é o total desprezo pela vida humana” e “Os quadrinhos além de divertir, tem papel fundamental para demonstrar o que é o totalitarismo”, foram ditas e com certeza atingiram os expectadores, levando-os a uma reflexão e com certeza transportando-os para aquela época.

z10

Guazzelli recebe cumprimentos da platéia

Apresentando imagens de histórias em quadrinhos como a revista El Víbora que surgiu em 1979, publicação que é marcada pelo humor, Guazelli não deixou de abordar as principais características dos quadrinhos espanhóis e argentinos daquela época que viviam um momento de transição, como o erotismo, o cinismo, a violência, a crueldade, o melodrama e o anticlerical, no caso mais específico da Espanha.

Guazzelli atribui à sobrevivência dos quadrinhos espanhóis e argentinos daquela época a grande qualidade intrínseca e a vontade de vomitar a repressão.

z05

Francesc Puértolas, chefe de atividades culturais do Instituto Cervantes

“Na ditadura o mau comportamento dos quadrinhos é vital …. os quadrinhos instrumentalizados pela ditadura são quadrinhos castrados”, afirma Guazzelli.

Apresentando grandes autores e quadrinhistas, inclusive o cineasta Almodóvar, que produziu roteiros para HQs, Guazzelli pode ilustrar a variedade de estilos e o grande momento cultural da redemocratização da Espanha e Argentina.

Encerrando a palestra foi aberto ao público para perguntas referentes ao tema e em seguida foi à vez dos cartunistas Bira Dantas e Caco Galhardo falarem sobre a exposição “O Quixote no quadrinho brasileiro”, que está no Espaço Cultural do Instituto Cervantes.

Os cartunistas falaram de sua trajetória e como foi adaptar o conto de Cervantes de dois capítulos e suas inúmeras páginas em uma narrativa de quadrinhos.

z11

Na mesa: Francesc Puértolas, Bira dantas e Caco Galhardo

Bira Dantas aproveitou e deixou a sua homenagem a Ziraldo que segundo ele é “um grande Dom Quixote do Brasil”, referindo-se a luta do cartunista com as publicações Bundas e Pasquim 21, que acabaram dando prejuízo e muitas noites de dono perdidas, mas que mesmo assim não fizeram Ziraldo desistir de sua postura de compromisso social.

z09

Bira Dantas e Caco Galhardo

z06

Ilustrações feitas por Bira Dantas

z07

Ilustrações feitas por Caco Galhardo

Obs: As imagens das obras foram registradas de uma certa distancia para manter o direito de reprodução e para o leitor pode ir conferir pessoalmente a exposição.

Foi uma noite excelente, e com certeza uma abertura de evento merecida ao grande mestre Ziraldo, os presentes aproveitaram para conversar com os artistas e pedir autógrafos.

Lembrando que o evento acontece durante toda a semana e inclui mesas-redondas, palestras, exposições, oficinas e noites de autógrafos.

z12

A Livraria HQ Mix esteve presente com as  presenças de Dani e Gaia. Os presentes puderam aproveitar e adquirir exemplares que abordavam literatura em quadrinhos e as obras Quixotescas dos cartunistas que produziram a exposição.

z02

Em tempo:

“O Quadrinho Iberoamericano: Homenagem a Ziraldo”

Mesa-redonda.
Com Javier de Isusi, NIK e Ziraldo
Mediação: Gualberto Costa
Dia: 24 de março de 2009
Horário: às 20h
Local: Grande Auditório do MASP
Endereço: Av. Paulista, 1578

Renato LebeauquadrinhosBira Dantas,Caco Galhardo,Francesc Puértolas,Guazzelli,Humor Gráfico Quevedos,Quadrinho Iberoamericano,Quixote no Quadrinho Brasileiro,ZiraldoImagem divulgaçaõ da exposição 'O Quixote no Quadrinho Brasileiro', ilustração de Caco Galhardo Ocorreu ontem no Instituto Cervantes em São Paulo a abertura do evento que acontece durante toda essa semana em alguns pontos da cidade de Sampa, “O Quadrinho Ibero Americano homenagem a Ziraldo”, que homenageia o cartunista brasileiro...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe