Diretamente do SOC! TUM! POW! – por Doctor Doctor

No último fim de semana a Marvel anunciou o lançamento de dois produtos interativos que podem afetar a maneira que você lê seus gibis: um aplicativo para realidade aumentada e uma história do Nova feita exclusivamente para tablets.

Ambos foram anunciados no evento South in Southwest Interactive, no Texas, sob o banner Marvel ReEvolution – algo como ReEvolução da Marvel – , o projeto da editora para lançar materiais digitais e interativos.

O primeiro deles utiliza o conceito de realidade aumentada, no qual informações do mundo digital são obtidas a partir de elementos do real, geralmente a partir de uma câmera. Em outras palavras, é o que acontece quando um smartphone é apontado para um objeto e imediatamente acessa informações na internet.

Em abril a Marvel disponibilizará um aplicativo chamado Marvel AR, que permitirá que o leitor obtenha mais informações sobre a história que está lendo na revista impressa. Basta apontar o gadget no qual o aplicativo foi instalado – smartphone, tablet, etc – para visualizar novidades sobre a HQ.

A primeira edição a atuar em conjunto com o aplicativo será, claro, Avengers vs. X-Men 1. Ao longo da leitura, o leitor poderá posicionar seu gadget em determinados quadrinhos, e assistir, por exemplo, a um vídeo de algum dos criadores explicando porque aquela cena é importante ou como foi o processo criativo.

O aplicativo poderá ser comprado por U$ 0.99 através do comiXology ou obtido gratuitamente com a edição Avengers vs. X-Men 1. Por enquanto, o Marvel AR atuará somente com quadrinhos impressos.

Um bom exemplo de realidade aumentada em quadrinhos foi apresentado há algumas semanas pela editora Valiant Comics para divulgar o relançamento da revista X-O Manowar:

O outro produto lançado com o banner Marvel ReEvolution será uma história do herói espacial Nova. Escrita por Mark Waid e desenhada por Stuart Immonem, a história será um tie-in de Avengers vs. X-Men e estará disponível exclusivamente para tablets.

Esta exclusividade se deve ao fato dela ter sido desenvolvida com o conceito de infinite canvas, ou tela infinita. Nesta ideia, os quadrinhos digitais são vistos como livres das limitações de uma folha de papel e podem ser apresentados ao leitor da maneira que o autor desejar. Na tela do tablet aparecerá somente os elementos que o criador achar conveniente para a narrativa, e o toque na tela levará a outros elementos, como um novo balão de diálogo para algum personagem ou um novo quadrinho. Nesta experiência, o leitor ainda controla o tempo da leitura, como se estivesse correndo os olhos pela página ou virando as folhas, mas é o autor quem comanda a ordem da narrativa.

Em 2009 o artista francês Yves Bigeral apresentou em sua página do Deviant Art uma HQ curta demonstrando como funciona a ideia da tela infinita. Seu trabalho serviu como uma das fontes de inspiração para a nova forma da Marvel de contar histórias e vale a pena conhecer para ter uma ideia de como será a HQ do Nova.

É importante saber ainda, que nesta nova forma de contar histórias, não há as detestáveis animações, efeitos em flash e todos os outros elementos que descaracterizam as HQs.

Particularmente, achei os dois produtos muito, mas muito legais. Eu já estava animado com a simples possibilidade de ler quadrinhos no iPad, mesmo que com toda a página na tela e todos os quadrinhos sendo apresentados de uma só vez. Mas, uma HQ com o conceito de tela infinita foi demais! Além disso, ler uma revista impressa e ter mais materiais só de apontar o celular ou o tablet para ela, enriquece ainda mais a leitura.

Os leitores do SOC! sabem que sou mais DC do que Marvel. Mas, sinceramente, uma inovação tecnológica como esta, parece-me muito mais relevante do que recontar a origem do Superman e do Batman pela 43ª vez e adaptá-los para a geração de leitores que cresceram dentro de um videogame.

Espero que todos estes recursos da Casa das Ideias cheguem ao Brasil. Mas, se não chegarem, azar das representantes nacionais – Panini – , pois podemos buscar todo este material estará disponível para o mundo todo na mesma data. Basta saber ler em inglês.

Para finalizar, veja acima a imagem da HQ do Nova. Repare que se trata da primeira edição do selo da Marvel que traz o símbolo do infinito.

Renato LebeauquadrinhosMarvel,NOVA,tabletsDiretamente do SOC! TUM! POW! – por Doctor Doctor No último fim de semana a Marvel anunciou o lançamento de dois produtos interativos que podem afetar a maneira que você lê seus gibis: um aplicativo para realidade aumentada e uma história do Nova feita exclusivamente para tablets. Ambos foram anunciados no...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe