Nintendo-cinemaDesde 1993, quando a Nintendo lançou o seu primeiro e último filme oficial em live-action, Super Mario Bros, filme mal de crítica e desastre financeiro, a empresa tem sido notoriamente protetora sobre seus personagens e franquias. No entanto, uma recente entrevista com o lendário designer de jogos, Shigeru Miyamoto, sugere que a empresa está finalmente reconsiderando a sua posição sobre as adaptações cinematográficas.

Em entrevista à Fortune, Miyamoto – que supervisiona Software Planning & Development Division da Nintendo – afirmou que a empresa recebeu um monte de ofertas para buscar oportunidades de seus personagens para o cinema, mas tem sido relutante em persegui-los devido a diferenças inerentes entre filmes e vídeos games.

Na entrevista ele disse, “por jogos e filmes parecerem como meios semelhantes, a expectativa natural das pessoas é que nós queremos levar nossos jogos e transformá-los em filmes…. eu sempre achei que videogames e filmes muito diferentes.” No entanto, a empresa está lentamente começando a se abrir para a possibilidade de novos filmes da Nintendo. Enquanto Miyamoto era “rápido em negar” os rumores de uma série em live-action de Zelda produzida pela Netflix, a Nintendo está mudando com determinação e direção como uma empresa de entretenimento, a fim de manter-se com novas exigências do público.

Há alguns meses, o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, revelou planos de criar conteúdo digital para smartphones. Pouco depois, a Universal Parks anunciou uma parceria com a Nintendo, incluindo planos para trazer a base da Nintendo para os parques temáticos da Universal. A empresa também afrouxou ligeiramente seu domínio sobre adaptações para o cinema permitindo aparições de personagens em 2012 no filme Detona Ralph e agora em 2015 com Pixels.

Nintendo-cinema-3Declarações de Miyamoto confirmam que os filmes são realmente uma parte dessa nova posição da Nintendo. “Ao olharmos de forma mais ampla na qual é o papel da Nintendo como uma empresa de entretenimento, estamos começando a pensar mais e mais sobre como os filmes podem se encaixar, e vamos potencialmente olhar os filmes no futuro”, afirmou o designer de jogos.

A indústria do entretenimento tem visto mudanças significativas desde o lançamento do Super Mario Bros. Isso é fato. E a Nintendo tem que começar mesmo a buscar novas oportunidades para ser cada vez mais duradoura. Olha o exemplo da Marvel que não dá para ignorar.

E você impulsivo leitor? Acha que uma reentrada para Hollywood é o movimento certo para a Nintendo?

Qual franquia da potência japonesa dos games você gostaria de ver nas telas em primeiro lugar? Fica a pergunta no ar.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/08/Nintendo-cinema-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/08/Nintendo-cinema-1-300x286.jpgDiego LimaquadrinhosSatoru Iwata,Shigeru Miyamoto,Super Mario BrosDesde 1993, quando a Nintendo lançou o seu primeiro e último filme oficial em live-action, Super Mario Bros, filme mal de crítica e desastre financeiro, a empresa tem sido notoriamente protetora sobre seus personagens e franquias. No entanto, uma recente entrevista com o lendário designer de jogos, Shigeru Miyamoto,...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe