Diretamente do SOC! TUM! POW! – por Doctor Doctor

Embora eu escreva exclusivamente sobre HQs, há algumas ocasiões que demandam uma exceção. Essa é uma delas, pois o livro Supergods de Grant Morrison, no qual o escritor escocês explica a importância da figura dos super-heróis no mundo moderno, acaba de ser lançado no Brasil.

Lançada em 2011 nos EUA com o extenso título Supergods: What Masked Vigilantes, Miraculous Mutantes and a Sun God From Smallville Can Teach Us About Being Human – algo como Superdeuses: O que vigilantes mascarados, mutantes milagrosos e um deus do sol de Smallville podem nos ensinar sobre sermos humanos – a obra chega ao Brasil pela editora Seoman simplesmente como Superdeuses.

Nela, Morrison explica como os super-heróis vestem-se de arquétipos que fazem parte da estrutura mental dos indivíduos e por isso tornam-se tão importantes e facilmente reconhecidos. Nas primeiras páginas, por exemplo, Superman é comparado a Jesus, Moisés e ao guerreiro hindu Kama. Veja abaixo a sinopse divulgada pela Seoman:

Superdeuses analisa uma enormidade de super-heróis desde o seu início em 1936. Morrison lista os grandes como Superman, Batman, Os X-Men, Mulher Maravilha, até o mais obscuro justiceiro mascarado, através das eras de Ouro, Prata, Bronze e Renascença. O autor oferece a primeira história verdadeira desses personagens, explicando por que eles são importantes, por que sempre estarão entre nós, o que revelam sobre quem somos e em que ainda podemos nos transformar. “Superdeuses é seu guia definitivo para o mundo dos super-heróis. Fique pronto para tirar seu disfarce… É hora de salvar o mundo”, revela o escritor.

A obra é considerada uma espécie de testamento de amor pelos super-heróis, fala sobre a influência que estas figuras superpoderosas têm sobre nossas vidas e ainda revela “O que acontecerá quando nos tornarmos como eles?”.

Com uma crítica de dar inveja, o livro reúne opiniões de autores consagrados sobre o trabalho de Grant Morrison. “Grant Morrison é um dos maiores escritores de quadrinhos de todos os tempos. Eu gostaria de não precisar competir com alguém tão bom quanto ele.” Stan Lee, criador, entre outros, de Homem-Aranha, Incrível Hulk, Homem de Ferro, Demolidor, Thor, Os Vingadores, Quarteto Fantástico e Os X-Men.

Vale lembrar que Superdeuses é uma das últimas obras de Morrison no universo de super-heróis. Após ela, o escritor só espera concluir seu trabalho nas HQs do Superman e de Batman com a DC Comics para interromper indefinidamente sua trajetória com heróis desse tipo.

Superdeuses tem 496 páginas, formato 16 cm x 23 cm e custa R$ 60. Já está à venda nas livrarias. E o meu já está em casa e vou começar a leitura.

Renato LebeauquadrinhosGrant Morrison,Seoman,SuperdeusesDiretamente do SOC! TUM! POW! – por Doctor Doctor Embora eu escreva exclusivamente sobre HQs, há algumas ocasiões que demandam uma exceção. Essa é uma delas, pois o livro Supergods de Grant Morrison, no qual o escritor escocês explica a importância da figura dos super-heróis no mundo moderno, acaba de...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe