Evento de lançamento reuniu cartunistas como Angeli, Laerte, Paulo Caruso, Luiz Gê e Alcy

As histórias em quadrinhos de autoria de Angeli, Glauco, Chico e Paulo Caruso, Laerte, Luiz Gê e Alcy, editadas pela Circo Editorial, entraram para a história do País, com tiras e cartuns afiados, divertidos e irreverentes. Um dos principais articuladores da veiculação da produção nacional de quadrinhos, Toninho Mendes, foi o fundador da editora, que publicou o que de melhor o Brasil produziu nessa área. Trajetória esta que é resgatada agora pela SESI-SP Editora no livro “Humor Paulistano – A Experiência da Circo Editorial (1984 – 1995)”.

Organizado pelo próprio Toninho Mendes, o livro foi lançado no dia 26 de abril, em São Paulo, por ocasião da comemoração dos 30 anos da Circo Editorial, que nasceu em abril de 1984, no dia da votação pelas Diretas. A publicação reúne histórias que povoaram o imaginário cultural nos anos 80 e 90 e se tornaram um marco na história dos quadrinhos e do humor no Brasil. Poeta e editor, Toninho lutou contra a falta de recursos e de patrocinadores para que as produções chegassem aos leitores em formato de revistas e livros, superando todas as previsões de vendas.

As revistas “Chiclete com Banana”, “Geraldão”, “Circo” e “Piratas do Tietê” conquistaram rapidamente o público com suas sátiras à sociedade e seus personagens politicamente incorretos. Entre eles, a Rê Bordosa – que vivia em bares e de ressaca -; o Casal Neuras e suas brigas; o Geraldão e sua descabida paixão pela mãe, ou ainda o sarcástico Bob Cuspe. Entre palavrões e questionamentos sociais, as narrativas tratavam de assuntos polêmicos como drogas, família, política e sexo.

Com 432 páginas, a publicação resgata essa produção cultural, em seis capítulos ilustrados com os quadrinhos publicados pela Circo Editorial, e traz um encarte com o poema-revista “A confissão para o Tietê”, de autoria de Toninho Mendes, com ilustração de Jaca. O último capítulo apresenta uma análise do humor paulistano e a sua influência no humor e na cultura brasileira.

Toninho Mendes foi idealizador da Circo Editorial (1984) e sempre editou revistas e livros de humor em parceria com várias editoras, como Devir, Sampa e LPM. Atualmente, Mendes dirige a editora Peixe Grande.

Humor Paulistano – A Experiência da Circo Editorial (1984 – 1995)
Editora SESI-SP Editora
Coleção: Memória e Sociedade
Organizador: Toninho Mendes
Capa: Brochura
21 x 28 cm
432 páginas
R$ 120,00

Crédito da foto: Kênia Hernandes

Renato LebeauquadrinhosAlcy,Angeli,Chico e Paulo Caruso,Circo Editorial,Glauco,Humor Paulistano,Laerte,Luiz Gê,SESI-SP,Toninho MendesEvento de lançamento reuniu cartunistas como Angeli, Laerte, Paulo Caruso, Luiz Gê e Alcy As histórias em quadrinhos de autoria de Angeli, Glauco, Chico e Paulo Caruso, Laerte, Luiz Gê e Alcy, editadas pela Circo Editorial, entraram para a história do País, com tiras e cartuns afiados, divertidos e irreverentes....O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe