bastiao-da-justica-ugraEu já passei por aqui para falar dos primeiros títulos da coleção Ugritos, gibis de bolso da Ugra Press, que são publicados a cada dois meses com um autor diferente. Hoje eu vou falar sobre mais dois volumes dessa coleção: Bastião da Justiça e Furiosas, respectivamente os Ugritos 3 e 4.

Millôr Fernandes durante uma entrevista ao vivo na TV fez uma declaração polêmica, minutos depois um telespectador telefonou para a emissora interpelando o humorista. Millôr disse: “no Brasil quando você faz uma ironia deve-se levantar uma placa com os dizeres, estou sendo irônico.”

O desenhista Rafael Coutinho na quarta capa do gibi “Bastião da Justiça” escreve “o traço elegante e a ironia fina dos textos de DW somados à arte-final impecável de Gabriel Góes…”, mesmo assim, encontrei leitores que não entenderam isso.

A terceira edição da coleção Ugrito traz na capa um Capitão América tupiniquim, o herói Bastião da Justiça, que enfrenta o mal, uma figura mascarada que não há furos para os olhos em sua máscara. Nessa cegueira total ele sai por ai cometendo sua justiça, como ensinou seu pai.

DW Ribatski e Gabriel Góes fazem uma crítica contundente do atual cenário político e social brasileiro. Nada escapa. Religião, sexo, crime, violência na TV e nas ruas. Bolsonaro já deve estar rezando por um justiceiro assim nas nossas ruas, isso se ele já não agir nos becos e vielas das grandes cidades. Cuidado incauto leitor.

furiosas-ugraEm “Furiosas”, de Rafa Campos temos histórias com garotas que não deixam literalmente pedra sobre pedra. Na primeira, a Mulher-martelo e sua companheira Capitã Bom-Senso enfrentam uma corja de vilões quebrando dentes e esmigalhando cérebros.

Já Karnívora, a última humana a dominar a arte do ka, que com um pensamento domina seus adversários ou mata uma galinha, mas que vai enfrentar um perigoso ninja antes de devorar o seu jantar. Sim, é um quadrinhos de ação e aventura, mas obviamente não falta aquela leve crítica aos costumes de nossa sociedade contemporânea, ou você já esqueceu que Rafa Campos é o autor de “Deus, essa gostosa”?

Diversão de primeira com os quadrinhos brasileiros com a qualidade editorial da Ugra.

Lembrando que as publicações UGRITOS podem ser adquiridas na loja virtual da Ugra Press. Mas se você tiver oportunidade, não deixe de passar também na loja física da Ugra (Rua Augusta 1371, loja 116, térreo – Bela Vista – São Paulo – SP).

Bastião da Justiça
Editora Ugra Press
Roteiro: DW Ribatski
Arte: Gabriel Góes
10,5 x 15 cm
28 páginas
R$ 7,00

Furiosas
Editora Ugra Press
Roteiro e Arte: Rafa Campos
10,5 x 15 cm
20 páginas
R$ 7,00

***

Para os interessados, deixo aqui o vídeo com a entrevista que citei no começo do texto com o cartunista, escritor, jornalista e tradutor, Millôr Fernandes, dada a TV Cultura no programa Roda Viva em Abril de 1989.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/04/ugrapress-ugrito.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/04/ugrapress-ugrito-300x300.jpgFloreal AndradeindependentesBastião da Justiça,DW Ribatski,Furiosas,Gabriel Góes,Rafa Campos,Ugra PressEu já passei por aqui para falar dos primeiros títulos da coleção Ugritos, gibis de bolso da Ugra Press, que são publicados a cada dois meses com um autor diferente. Hoje eu vou falar sobre mais dois volumes dessa coleção: Bastião da Justiça e Furiosas, respectivamente os Ugritos 3...IMPULSO HQ é um site sobre cultura pop nerd em geral como histórias em quadrinhos, cinema, séries, mangá, anime e games
Compartilhe