Homem de Ferro 2
Embora a continuação de Homem de Ferro tenha ficado muito boa, ainda não conseguiu superar a da série de Homem-Aranha que continua imbatível nas seqüências de filmes de super-heróis, já que Batman, O Cavaleiro das Trevas, é acima da média e não deve ter comparações. No filme, a identidade do Homem de Ferro, já é de conhecimento do mundo, e Tony Star, mais uma vez bem interpretado por Robert Downey Jr., vive pressionado pelas Forças Armadas para compartilhar sua tecnologia.

O vilão da vez é o Chicote Negro interpretado por Mickey Rourke, ator tarimbado para papéis cruéis e sarcásticos. Pepper Potts (Gwyneth Paltrow) continua ao lado do herói, assim como Nick Fury (Samuel L. Jackson) que não desistiu do projeto Vingadores. De novidade a armadura War Machine e a agente Viúva Negra (Scarlett Johansson).

Thor
Mais do que uma aventura de super-herói, uma história. Iniciei com esta frase, pois ela veio a minha mente assim que se encerrou a projeção do filme “Thor”, mais uma produção da Marvel que prepara para o tão falado e por muitos esperado filme dos Vingadores, a mais importante equipe de super-heróis da Editora Marvel. No filme, Thor é exilado na Terra após afrontar Odin (seu pai), apaixona-se pela astrofísica Jane Foster, é investigado pela SHIELD e só retorna à Asgard para deter os planos de tirania de seu irmão Loki.

Ou seja, tudo ok em relação a sua mitologia das HQs. O diretor Kenneth Branagh talvez tenha sido o responsável por esta aura mais “humana” do Deus do Trovão, principalmente na passagem pelo planeta Terra e seu contato com a natureza humana. Por outro lado, Chris Hemsworth interpreta bem o personagem Thor/Donald Black e tem a seu lado um time de astros de primeira grandeza como Anthony Hopkins (Odin) e Natalie Portman (Jane). O “se não” do filme fica por conta dos efeitos de 3D, pouco explorados.

Capitão América, O Primeiro Vingador
O filme tem seus méritos e eles devem ser destacados primeiramente: a origem do Capitão América ficou bem contada; a relação tempo presente com tempo passado no início e no final do filme foi acertada, até porque este filme do Capitão prepara para o dos Vingadores; tivemos uma ótima reconstituição de época; como ocorre em muitos filmes de super-heróis, o vilão muitas vezes fica melhor que o herói, e este é o caso da bela interpretação de Hugo Weaving para o Caveira Vermelha; por fim, gostei muito de algumas cenas de ação onde o Capitão literalmente voa com explosões no fundo, lembrando bastante as HQs.

Embora tenha apontado alguns acertos do filme do diretor Joe Johnston com Chris Evans no papel de Steve Rogers, o Capitão América, não me empolgou em momento algum. Tudo pareceu muito previsível e o filme fui apenas mais uma aventura moderninha de super-heróis.

Ilustração: Alex Doeppre (RS)

Denilson Reisrealidade alternativaCapitão América,Homem de Ferro,Loki,Mickey Rourke,Robert Downey Jr.,ThorHomem de Ferro 2 Embora a continuação de Homem de Ferro tenha ficado muito boa, ainda não conseguiu superar a da série de Homem-Aranha que continua imbatível nas seqüências de filmes de super-heróis, já que Batman, O Cavaleiro das Trevas, é acima da média e não deve ter comparações. No...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe