Após a boa recepção da HQ “Machado de Assis: Caçador de monstros” na CCXP de 2017 e ao longo do ano de 2018, Marcelo Alves e Sami Souza resolveram lançar um segundo volume mantendo o mesmo ritmo de narrativa, as influências do mangá e com novos personagens.

Na história do primeiro livro, foi apresentado um Machado de Assis jovem ao lado de seus principais personagens, Brás Cubas, entre outros, resolvendo uma série de mistérios pelas ruas do Rio Antigo no século XIX.

De acordo com o roteirista, Marcelo Alves, “a boa acolhida que o livro recebeu mostra que as pessoas querem boas histórias que tenham a marca da nossa cultura. Com o primeiro livro, houve muitas apresentações em escolas, por exemplo, onde os alunos puderam ter outro olhar sobre o quadrinho nacional e também sobre um dos maiores escritores do país.”

Marcelo também revela que durante as visitas as escolas e passagens nos eventos, muitas pessoas que compraram o livro, e muitos estudantes também, não sabiam que Machado de Assis era negro.

“Na primeira história, nos preocupamos em mostrar o ambiente em que Machado de Assis iria trilhar. E tivemos sucesso por que muitas pessoas se surpreenderam com aquela ideia de um Machado de Assis jovem, uma vez que muitos só o conhecem mais idoso pelas poucas imagens que as pessoas têm acesso”, completa Marcelo Alves.

Se no primeiro, o foco estava no romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, no segundo volume o destaque será para a novela O Alienista. “Acredito que fizemos uma abordagem importante no primeiro volume, sobre a questão da escravidão e a origem de Machado de Assis. Neste segundo volume, queremos abordar o discurso científico com o Dr. Simão Bacamarte, principal personagem desse incrível texto”, destaca Marcelo Alves.

Porém desta vez, os autores foram um pouco além e trouxeram para a história do segundo volume um personagem bastante conhecido da literatura clássica. O médico e o monstro, Mr. Hyde e o Dr. Jekyll. “Este é um belo monstro para o Machado de Assis enfrentar. Brincadeiras à parte, apenas fortalece o tema do segundo volume que gira em torno do poder da Ciência no final do século XIX”, ressalta Marcelo Alves.

Na história, o monstro Mr. Hyde quer assumir o controle total na vida do Dr. Jekyll e vai para o Brasil em busca de mais especiarias para compor os sais de que necessita para que sua transformação seja completa. Mas quando finge sua morte e foge da Inglaterra, ele passa a ser perseguido por membros de uma antiga organização secreta chamada a Ordem da Noite Eterna. No Brasil, ele pede ajuda ao Dr. Simão Bacamarte, um admirador que estuda seu caso e mantém contato por cartas. O Alienista quer manipular o jovem Machado de Assis para que ele proteja Mr. Hyde da Ordem da Noite Eterna.

Para conferir todos os detalhes de “Machado de Assis: Caçador de monstros Vol. 2” e apoiar essa iniciativa, visite a página do projeto no Catarse, clicando aqui.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/02/Machado-de-Assis-catarse.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/02/Machado-de-Assis-catarse-150x150.jpgRenato LebeauindependentesAlienista,Brás Cubas,Catarse,Machado de Assis,Marcelo Alves,Sami SouzaFacebook Twitter Instagram Youtube Após a boa recepção da HQ “Machado de Assis: Caçador de monstros” na CCXP de 2017 e ao longo do ano de 2018, Marcelo Alves e Sami Souza resolveram lançar um segundo volume mantendo o mesmo ritmo de narrativa, as influências do mangá e com novos personagens. Na história do...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe