Embora eu seja um ardoroso defensor do quadrinho brasileiro, não sou xenófobo, até porque, acredito que arte não tem nacionalidade e dependendo do tema pode ser apreciada nos quatro cantos do planeta. Abaixo eu listo três publicações internacionais que merecem ser conhecidas pelo grande público pela sua qualidade e poder de entreter o leitor:

100 Balas

Havia lido algumas histórias avulsas da série 100 Balas de Brian Azzarello (texto) e Eduardo Risso (desenhos) para o selo Vertigo da DC Comics e confesso que não havia me prendido na história, achando um tanto confusa. Resolvi ler 100 Balas desde o princípio, a partir das edições encadernadas da Panini, e constatei o que muitos falavam e escreviam, trata-se de uma série fantástica.

A trama vai se mostrando confusa no início, mas com uma leitura na sequência das HQ’s vai se revelando muito bem elaborada e bastante instigante. Azzarello cria diálogos sensacionais, que não são cansativos, mesmo aqueles que transpõem mais de uma página. Já Eduardo Risso tem um desenho poderoso, meio caricaturesco, mas muito bom, que faz jus a escola argentina das “historietas”. 100 Balas é uma obra completa!

Jonah Hex
Jonah Hex foi criado por John Albano e Tony DeZuñiga para a editora norte-americana DC Comics. É um personagem forte e marcante, suas HQs deixam o leitor em certa dúvida se o personagem é herói ou bandido. Atua respeitando a lei, até onde é possível e torna-se um justiceiro cruel e implacável a cada história, desfilando toda sua raiva contra as injustiças. Em certos momentos, é traído pela busca de vingança, mas faz parte da vida.

As novas HQs do personagem são escritas por Jimmy Palmiotti e Justin Gray e ilustradas por um time de consagrados desenhistas, destacando-se Tony DeZuñiga, Jordi Bernet e o brasileiro Luke Ross. No Brasil, Jonah Hex vem sendo publicado pela Panini em edições especiais com arcos de histórias encadernadas.

RED
Aproveitando o lançamento do filme baseado na HQ RED – Aposentados e Perigosos de Warren Ellis & Cully Hamner para a Wildstorm, a Panini Comics do Brasil lançou uma edição especial trazendo as edições de 1 a 3 da série publicada nos Estados Unidos.

A história gira em torno de um aposentado agente da CIA que ao não deixá-lo em paz, faz o ex-agente produzir um rastro de sangue. A narrativa de Ellis e fantástica, mostrando que as HQs, nos Estados Unidos, podem ir além dos super-heróis.

Ilustração: Gervásio Santana & JSouza

Denilson Reisindependentes100 Balas,Brian Azzarello,Cully Hamner,Eduardo Risso,John Albano,Jonah Hex,RED,Tony DeZuniga,Warren EllisEmbora eu seja um ardoroso defensor do quadrinho brasileiro, não sou xenófobo, até porque, acredito que arte não tem nacionalidade e dependendo do tema pode ser apreciada nos quatro cantos do planeta. Abaixo eu listo três publicações internacionais que merecem ser conhecidas pelo grande público pela sua qualidade e...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe