O quadrinhista Rafael Marçal iniciou uma campanha no Catarse para a produção do seu sétimo livro via financiamento coletivo. Atuante há dez anos na produção de tiras, esse é o primeiro projeto de Rafael em uma graphic novel.

O objetivo da HQ é mostrar como as relações entre pais e filhos se formam, a confiança, o amor, a dedicação. O que é importante e o que faz valer a pena. Os aprendizados, às vezes doloridos, de criar um filho(te) enquanto tenta ensinar algo para ele também.

De acordo com Rafael, os pinguins surgiram de uma brincadeira para homenagear outros dois quadrinistas, Will Leite e o Wes Samp. O universo deles nas tiras era muito fechado e abordava apenas a amizade e implicância entre eles, mas dessa vez o quadrinista resolveu expandir:

“Eu sempre contei histórias com as tirinhas e com essa do Filhote também seria assim, uma sequência de tiras contando a história, mas o universo expandiu demais, as ideias continuavam chegando e eu precisei adaptar o projeto para uma Graphic Novel, a narrativa acabou pedindo. Eu passei dois anos estudando narrativa, desenho e composição, roteiro. É outra forma de contar história, diferente das tirinhas que precisa de síntese, numa história longa o ideal é ter ritmo, às vezes calmo, às vezes acelerado. Como autor, tem sido muito bom me permitir experimentar essa liberdade.”

Confira a sinopse:

Will e Wes são dois pacatos pinguins vivendo sua vida tranquilamente no Polo Sul. Wes adora uma atividade física e não consegue ficar parado, enquanto Will prefere uma poltrona fofa e um bom livro… Quando o Wes dá sossego para ele ler, né?

Mas dessa vez o Wes conseguiu ir longe demais, adotou um Mandrião, dos maiores predadores de pinguins de toda a Antártida. Agora os dois pinguins enfrentarão o mundo para cuidar do seu filhote. Como proteger um órfão ao mesmo tempo que esse órfão pode ser tornar sua maior ameaça? Os dois pinguins enfrentarão o mundo para fazer o certo.

O livro terá 19×27,5 cm, 144 páginas coloridas em offset 90g, capa em papel Supreme e laminação fosca. Além do livro físico e digital, as recompensas para quem apoiar variam de marca página, postal, imã de Geladeira, adesivos, e os dois últimos livros de Rafael (Rã Zinza Ha Ha Humpf e Rei Bocó).

A data de envio para os apoiadores no Catarse está prevista para novembro e o lançamento oficial acontecerá em dezembro durante a CCXP 2019.

Para conferir todos os detalhes de “Filhote de Mandrião” e apoiar essa iniciativa, visite a página do projeto no Catarse, clicando aqui.

Filhote de Mandrião no Catarsehttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/08/filhote-mandriao-catarse.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/08/filhote-mandriao-catarse-150x150.jpgRenato LebeauindependentesCatarse,Filhote de Mandrião,Rafael MarçalFacebook Twitter Instagram Youtube O quadrinhista Rafael Marçal iniciou uma campanha no Catarse para a produção do seu sétimo livro via financiamento coletivo. Atuante há dez anos na produção de tiras, esse é o primeiro projeto de Rafael em uma graphic novel. O objetivo da HQ é mostrar como as relações entre pais e...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!