O Incrível Hulk
Depois de um filme pouco badalado, Hulk de Ang Lee (2003), O Incrível Hulk de Louis Leterrier (2008) trouxe novamente a angustiante vida do andarilho David Banner conforme já tinha se acompanhado na série de TV do final dos anos 1970 com Bill Bixby e Lou Ferrigno. O filme foi inspirado nas HQs de Stan Lee, Jack Kirby e Paul Reinman de 1962.

Nele, Banner muito bem interpretado por Edward Norton, sai em busca de uma cura para sua “maldição”. Foge para o Brasil, depois passa pela América Central, México até voltar aos EUA.

Só faltou a melodia melancólica ao piano para lembrarmos Bixby. Outra boa sacada foi a inclusão do monstrengo Abominável para criar o ambiente de ação que faltou no filme de Ang Lee. Melhorou bastante este filme do “Verdão”.
Homem de Ferro
O filme fez justiça ao nome, o melhor ficou por conta da armadura de ferro. Tudo inicia com uma trama geopolítica onde o magnata da indústria bélica Tony Stark, muito bem interpretado por Robert Downey Júnior torna-se vítima das monstruosidades por ele criada. A partir daí cria-se aquele clima de “meu Deus, o que eu criei!?” e Tony resolve ser outro homem, o Homem de Ferro.

A trilha sonora é algo a arte e traz o heavy metal dos anos 1970, em especial Black Sabbath & AC/DC. Sem um grande vilão para enfrentar, as cenas de luta ficam para o final contra o Monge de Ferro. Ao fim, a armadura é quem dá o show.

The Spirit

Spirit foi criado pelo desenhista Will Eisner e tornou-se um clássico das HQs. Por outro lado, seu criador acabou cultuado como mestre da arte seqüencial (HQs). Frank Miller renomado quadrinhista por obras como Cavaleiro das Trevas, Sin City, 300 e Demolidor nunca escondeu sua admiração pelo grande mestre e encarregou-se de levar Spirit para as telas.

Miller foi muito criticado por descaracterizar o personagem, o que de fato o fez, mas acabou criando uma obra do seu “estilo Sin City” e se vermos o filme por ele só, o fez muito bem.

Gosto do estilo que Miller trouxe para o cinema, pois aproxima muito as duas artes. Para o filme Miller contou com um elenco magnífico com destaque para Samuel L. Jackson. Imperdível é assistir os créditos até o final e apreciar a arte de Frank Miller.

Ilustração: Marcelo Dolabella (Belo Horizonte/MG)

Denilson ReisindependentesFrank Miller,Homem de Ferro,Hulk,Jack Kirby,Paul Reinman,Stan Lee,The Spirit,Will EisnerO Incrível Hulk Depois de um filme pouco badalado, Hulk de Ang Lee (2003), O Incrível Hulk de Louis Leterrier (2008) trouxe novamente a angustiante vida do andarilho David Banner conforme já tinha se acompanhado na série de TV do final dos anos 1970 com Bill Bixby e Lou Ferrigno....O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe