Clássico dos quadrinhos adultos japoneses estará disponível nas livrarias a partir de 24 de fevereiro

A editora Veneta traz para o Brasil o clássico Ayako, do mestre Osamu Tezuka. Mangá acompanha a trajetória de uma tradicional família japonesa a partir da Segunda Guerra Mundial. Edição brasileira é a mais completa já publicada no Ocidente.

Jiro Tenge, filho de uma família aristocrática do norte do Japão, volta para casa depois de passar anos como prisioneiro dos americanos durante a Segunda Guerra Mundial. Ele descobre então um terrível segredo envolvendo seu pai, seu irmão mais velho e sua cunhada. Mas Jiro também tem um segredo terrível. E todos decidem que a filha mais nova, a pequena Ayako, é quem pagará pelos pecados da família.

Por meio da história da família Tenge, o quadrinista Osamu Tezuka (1928-1989) conta a história do Japão no pós-guerra. O trauma da ocidentalização forçada imposta pela Força de Ocupação norte-americana, os reflexos da Guerra Fria, os choques de gerações, a luta de classes, a corrupção na política, o poder da Yakuza, as guerras de gangues e a violência do machismo permeiam toda a narrativa.

Influenciado por autores como Ibsen, Beckett, Camus e pela literatura russa de Tchekhov, Gorki e Dostoiévski, Tezuka tem em Ayako sua obra-prima, uma história que mistura drama, suspense e análise social.

Primeiro lugar na lista de melhores HQs asiáticas de todos os tempos feita pelo crítico britânico Paul Gravett, Ayako foi publicado originalmente em partes na revista Big Comic, da editora japonesa Shogakukan, entre 1972 e 1973. Quando virou livro, o autor fez, como de hábito, algumas correções e modificações na HQ. A mais importante delas foi trocar as últimas sete páginas da história. A edição da Veneta traz as duas versões para o final da história e é a primeira a publicar o final alternativo ocidente.

Osamu Tezuka é considerado o mais importante autor de histórias em quadrinhos japonês. Influenciado por autores ocidentais, como Walt Disney, inventou o mangá moderno, possibilitando o surgimento de uma indústria criativa no Japão, que exportou para o mundo também os animes. É autor de Buda (Conrad, 2005), Adolf (Conrad, 2006) e Astro Boy, entre muitos outros.

Neste ano, em que completaria 90 anos, será homenageado no Festival de Angoûleme, o mais importante evento de quadrinhos da Europa, com uma retrospectiva de sua carreira. A exposição Ozamu Tezuka Manga no Kamisama, (O deus do mangá) será a primeira grande mostra do autor na Europa, com originais inéditos, de 25 de janeiro a 11 de março.

No Japão, a data será comemorada com o relançamento de Ayako, sua obra mais importante, com o final alternativo também trazido na edição brasileira.

Ayako
Editora Veneta
Autor: Osamu Tezuka
Tradução: Marcelo Yamashita Salles e Esther Sumi
720 páginas
R$ 129,00

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/01/ayako-Osamu-Tezuka-veneta-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/01/ayako-Osamu-Tezuka-veneta-1-150x150.jpgRenato LebeaumanganimeAyako,Esther Sumi,Marcelo Yamashita Salles,Osamu Tezuka,VenetaFacebook Twitter Instagram Youtube Clássico dos quadrinhos adultos japoneses estará disponível nas livrarias a partir de 24 de fevereiro A editora Veneta traz para o Brasil o clássico Ayako, do mestre Osamu Tezuka. Mangá acompanha a trajetória de uma tradicional família japonesa a partir da Segunda Guerra Mundial. Edição brasileira é a mais...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe