anohana-3Eleito o 3º melhor anime de 2011, Ano Hi Mita Hana No Namae Wo Bokutachi Wa Mada Shiranai (traduzindo, Nós ainda não sabemos o nome daquela flor que vimos àquele dia), ou sua versão abreviada AnoHana(Aquela Flor) chegou às livrarias, bancas e lojas esse ano pela editora JBC.

Em lançamento bimestral, AnoHana acabou agora em outubro com sua terceira edição, mas ainda está fácil de ser encontrado em qualquer livraria. Então aproveitei agora pra fazer além de uma recomendação, uma resenha sobre as edições e até mesmo sobre os brindes de assinatura.

Vamos começar falando da sinopse da historia: um grupo de amigos de infância se separam depois que um deles, Meiko Honma, apelidada de “Menma”, morre num trágico acidente. Dez anos depois, num dia de verão, o fantasma de Menma aparece para o líder do grupo Jinta Yadomi.

anohanaJintan, como é conhecido Jinta, depois da morte de sua melhor amiga Menma e da morte de sua mãe se afastou da sociedade até o dia do aparecimento d o fantasma de Menma, que, com uma aparência mais velha, pede a ele ajuda para assim descansar em paz.

Logo, Jintan começa a reunir os amigos de infância para juntos descobrirem qual desejo que Menma quer realizar, para assim atingir o Nirvana.

Olhando a sinopse já podemos perceber que AnoHana é uma historia que prende pelo drama, pelo sentimentalismo e pela nostalgia. Seis amigos juntos em um clubinho brincando sempre juntos. Muitas crianças já passaram por isso. E um ponto que se é muito explorado é como o crescimento afeta as nossas amizades e como podemos mudar com o passar do tempo.

Um dos maiores medos de quem viu a notícia que o mangá seria criado é o fato de que AnoHana fez um caminho inverso ao comum. Primeiro foi um anime e depois foi adaptado para o Mangá. O medo da carga dramática se perder na adaptação foi gigantesco, mas, a adaptação ficou excelente. Claro que uma cena ou outra acabou tendo que sumir, mas nenhuma das cenas chave.

anohana-2Falando agora da versão brasileira. O padrão se mantém o mesmo dos mangás que vemos na banca no dia-a-dia da JBC. Uma página ou outra com uma leve transparência, mas nada que atrapalhe a leitura. Os brindes da versão de assinante foram lindos. Dois postais temáticos, dois marca páginas comuns e uma sobrecapa com uma foto da Menma. Mas o que chamou mais atenção foi o chamado Marca Página Fantasma, onde a Menma só aparece quando o marca página está sendo usado.

AnoHana é um mangá que prende com boas doses de nostalgia e drama, mas com aquele toque japonês de pequenos exageros. Vale muito a pena conferir tanto o mangá, quanto o animê, finalizado em apenas 11 episódios.

AnoHana
Editora JBC
Autores: Cho-Heiwa Busters e Mitsu Izumi
13,5 x 20,5 cm
216 páginas
R$ 14,90 (cada volume)

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/11/AnoHana-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/11/AnoHana-1-300x300.jpgMatheus ZucamanganimeAno Hi Mita hana no Namae,Anohana,Cho-Heiwa Busters,JBC,mangá,Mitsu IzumiEleito o 3º melhor anime de 2011, Ano Hi Mita Hana No Namae Wo Bokutachi Wa Mada Shiranai (traduzindo, Nós ainda não sabemos o nome daquela flor que vimos àquele dia), ou sua versão abreviada AnoHana(Aquela Flor) chegou às livrarias, bancas e lojas esse ano pela editora JBC. Em lançamento...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe