luluzinha_teen_051

Li … e até que gostei!

Resumo: Na história, Lulu, agora adolescente, nos conta um pouco de sua vida e de seus amigos. Foi uma maneira interessante de iniciar a narrativa, visto que ela está fazendo um vídeo para o seu blog, o que justifica ela estar falando de si mesma.

Não foi aquela coisa do “Eu cresci!!”, que ficou fraca em Turma da Mônica Jovem.

Mas continuando, Lulu e seus amigos, agora crescidinhos, moram numa cidade litorânea chamada Liberta. Todos estudam na mesma escola, a escola Unida.

E lá, está havendo um intercâmbio com os alunos de um colégio chamado Inova. É uma escola humilde, que foi melhorada com a ajuda dos próprios alunos e seus pais. No colégio de Lulu, eles buscam voluntários e parceiros que queiram se engajar a melhorar ainda mais a situação da Inova.
Lulu, como protagonista e garota politicamente correta, se oferece como voluntária. Mas como nem tudo na vida são rosas, e a história precisa ter um ponto de discórdia para andar, vários alunos das duas escolas se estranham, e armam o maior barraco na escola Unida.

Depois de acalmados os ânimos, cada um foi enviado de volta para sua casa, mas… No dia seguinte, a escola Unida aparece depredada, pixada e destruída. Obviamente a culpa foi atribuída aos alunos da escola Inova.

Mas Lulu não acha que a coisa é tão óbvia assim.E entra de cabeça numa investigação para descobrir o que realmente aconteceu.

Bem, creio que no geral, a história se saiu muito bem. Claro, é voltada para o público adolescente e tal, mas o roteiro conseguiu se manter coeso e interessante.
Para quem estava esperando algo no estilo da Turma da Mônica Jovem, creio que o resultado foi acima do esperado.

O pessoal da Equipe HQ parece ter analisado e evitado todos os erros cometidos pela revistinha da Mônica. Ponto positivo pra eles.

O roteiro é bem amarrado. Não faltam quadros à narrativa, a transição entre eles é fluida.

A única coisa que mata mesmo é a arte. Parece um fanzine (que não foi bem feito).

A retícula é muito bem utilizada, mas, às vezes, ela teve que ser usada para suprir a falta de cenário. Isso não é bom pro currículo de um desenhista.

E sobre as colorização? Cores mortas, luz e sombra mal aplicadas… lembrando um iniciante em Photoshop.

Mas, por ser a primeira revista, os contras estão dentro do esperado. E também, por se tratar de material brasileiro, dou o maior apoio! Que eles melhorem com o tempo e continuem lançando coisas boas.

E um adendo interessante: a personagem Aninha gosta muito de videogames, e um dos jogos que ela jogava era a Saga dos Cinco Anéis de… Miyamoto Musashi! Adorei essa sacada, porque realmente Musashi escreveu um livro com o mesmo nome, onde dissertava sobre as várias fases do seu treinamento.

Priscila BaronemanganimeLuluzinha teen,manganime,mangáLi ... e até que gostei! Resumo: Na história, Lulu, agora adolescente, nos conta um pouco de sua vida e de seus amigos. Foi uma maneira interessante de iniciar a narrativa, visto que ela está fazendo um vídeo para o seu blog, o que justifica ela estar falando de si...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe