A Editora JBC traz ao mercado brasileiro o primeiro mangá de futebol do Brasil: Super Onze. O título faz parte dos planos da editora em disponibilizar mangás diferenciados. Com Super Onze, a editora visa dar maior visibilidade aos mangás e aumentar a base de fãs desse tipo de publicação.

Em seu texto de divulgação, a JBC explica que não é possível replicar exatamente o que ocorre no Japão, com suas revistas semanais de baixo custo, logo, a série será adaptada para o Brasil sendo lançado em forma de gibi, mais fino e barato, mas irá manter a leitura oriental, possibilitando assim que mais gente que não conhece este mercado tenha sua primeira experiência com um mangá.

O interessante é que a JBC deixa a expectativa de lançar mais pra frente uma versão encadernada nos mesmos moldes do tankobon original. Isso irá depender se Super Onze for bem recebido pelos fãs e fizer sucesso.

Publicado originalmente com o nome de Inazuma Eleven, Super Onze saiu primeiro como game, em um jogo lançado para Nintendo DS em 2008, vendendo mais de 40 mil cópias somente na primeira semana, e atingindo um total de 84 mil cópias na terceira após sua chegada às prateleiras. De lá pra cá, a franquia já rendeu mais de 5 títulos para consoles portáteis e caseiros, além de adaptações para mangá e animê.

Ao redor do globo a exibição do animê foi acompanhada de grande sucesso, garantindo o lançamento dos títulos e produtos licenciados pelo ocidente. A série atingiu em peso a Europa, sendo exibida em países como Espanha, Portugal, Inglaterra, Hungria, Polônia e diversos outros.

No Brasil, o desenho animado foi exibido no Brasil pela Rede TV com o nome de Super Onze, e fez sucesso entre as crianças, cativando os telespectadores e ganhando comparações com animês clássicos do gênero.

A versão do mangá que será publicada pela Editora JBC foi produzida pelo mangaká Tenya Yabuno entre agosto de 2008 e outubro de 2011, atingindo um total de 10 edições encadernadas.

Do título do mangá aos nomes dos personagens, tudo foi escolhido em parceria com a editora japonesa e a produtora do animê, garantindo que Super Onze tivesse a melhor qualidade possível e que os nomes escolhidos seguissem o mesmo que já aconteceu em outros países.

O autor Tenya Yabuno foi responsável por grandes títulos infantis, como Digimon, por exemplo. Ele introduziu o famoso estilo de desenho dos mangás e animes com linhas simples e visualmente atrativas.

Super Onze chegará em breve e será publicado em um formato diferente, com número de páginas variando de 50 a 84 páginas, ao preço de R$4,90, será quinzenal neste primeiro momento e terá um total de 34 edições.

Renato LebeaumanganimeInazuma Eleven,JBC,mangá,Super Onze,Tenya YabunoA Editora JBC traz ao mercado brasileiro o primeiro mangá de futebol do Brasil: Super Onze. O título faz parte dos planos da editora em disponibilizar mangás diferenciados. Com Super Onze, a editora visa dar maior visibilidade aos mangás e aumentar a base de fãs desse tipo de publicação. Em...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe