henshinTítulo é o sétimo mangá anunciado em 2016 pela editora

Sucesso de crítica e de vendas no Japão, Ano Hi Mita hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai, ou simplesmente Anohana foi lançado primeiro em animê, e depois, se utilizando de um traço exuberante e ao mesmo tempo delicado, Mitsu Izumi (7th Garden) adaptou esse animê em um mangá de 3 volumes.

O animê de Anohana estreou em abril de 2011 e, no mesmo ano, também teve uma novel, e logo conquistou o público japonês. Por isso, no ano seguinte, a história de Jinta, Menma e seus amigos foi transformado em mangá nas páginas da revista Jump Square, da editora Shueisha.

75d87960c388efc544be093603b8e9f01406669874_fullO sucesso da animação e dos quadrinhos foi tamanho que em 2013 Anohana foi para os cinemas japoneses em um longa-metragem animado e também em filme com atores reais. Ambos foram grandes êxitos de bilheteria. Para finalizar, a criação de Mari Okada (roteirista do animê e autora da novel) foi transposta para um drama live-action produzido especialmente para a TV japonesa em 2014.

Além disso, Anohana ainda ganhou um divertido jogo para o videogame portátil PSP, da Sony.

Invocando grandes clássicos do cinema dos anos 1980, como Os Goonies e Conta Comigo, Ano Hi Mita hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai (literalmente, “Nós Ainda não Sabemos o Nome da Flor que Vimos naquele Dia”) narra a história envolvendo seis amigos: Jinta, Meiko, Naruko, Atsumu, Tetsudou e Chiriko. Quando eram ainda crianças, certo dia enquanto brincavam, Menma, como era chamada carinhosamente Meiko pela turma, acaba sofrendo um acidente fatal.

Após o ocorrido, cheios de culpa, pouco a pouco os cinco amigos se separaram e cada qual seguiu com sua vida.
Anos depois do acidente, Jinta ainda parece ser o mais afetado pela morte da amiga. Ele desistiu dos estudos e vive quase insolado em sua casa. Mas, para a sua surpresa, em um certo verão, ele passa a ser visitado por Menma. A princípio ele acredita que aquilo não passava de uma mera alucinação causada pelo estresse e o trauma da perda da colega. No entanto, Menma revela ser um fantasma.

maxresdefaultA aparição da garota serve para Jintan, como ela o chamava, reencontrar seus antigos amigos e descobrir – e cumprir – a promessa que foi feita para Menma antes dela morrer. Só realizando esse seu último desejo, a doce menina poderá seguir seu caminho.

Apesar de a história ser densa, Mitsu Izumi a conta se utilizando de uma narrativa leve e divertidos respiros cômicos. Mas prepare-se! Anohana é emoção do começo ao fim e chega ao país para conquistar os leitores brasileiros assim como foi no Japão e Estados Unidos. Separe a caixa de lenços e embarque nessa tocante jornada de superação.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/03/large.gifhttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/03/large-300x230.gifRenato LebeaumanganimeAno Hi Mita hana no Namae,Anohana,JBC,Mari Okada,Mitsu Izumi,ShueishaTítulo é o sétimo mangá anunciado em 2016 pela editora Sucesso de crítica e de vendas no Japão, Ano Hi Mita hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai, ou simplesmente Anohana foi lançado primeiro em animê, e depois, se utilizando de um traço exuberante e ao mesmo tempo delicado,...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe