preacher-1Produzido pela AMC, mesma emissora de Breaking Bad e The Walking Dead, a série Preacher estreou em 22 de maio e teve seu último episódio exibido no último domingo (31/7). O episódio piloto teve audiência de mais de 2,3 milhões e seus quatro primeiro episódios foram muitos bem avaliados pela crítica e espectadores, além de ótima audiência. Mas e aí? Vale a pena assistir Preacher?

Com um elenco composto por Dominic Cooper (Mamma Mia!, Warcraft), Ruth Negga (Warcraft), Joseph Gilgun (Misfits) e Ian Colletti (Phoebe in Wonderland, 2008) a adaptação de Preacher para a televisão é um assunto delicado. A série em quadrinhos tem histórias muito pesadas, que jamais serão retratadas na televisão, por uma série de motivos.

Um dos exemplos é a história do Retalhador Picador, um serial killer que em um dos casos arranca a pele de sua vítima, coloca de volta (com pequenos pregos!) com o rosto de cabeça para baixo (olhos no queixo, queixo na testa) e, claro, isso tudo com a vítima ainda viva. O que não falta em Preacher são cenas fortes que não podemos esperar que fosse exibido em um canal de televisão.

preacher-2Mas não se engane, a série abusa de sangue, lutas e bizarrices e, em alguns casos, a cena é (muito bem) adaptada para a televisão, mas não deixa de ser feita, o que é ousado por parte da emissora. É provável que a AMC não libere o uso de “Fuck” para manter seu conteúdo adequado para o maior número de espectadores possíveis, em Breaking Bad, por exemplo, foi permitido, mas por sua vez, Walking Dead não.

A série mostra bastante as dúvidas de Jesse Custer (Dominic Cooper) quanto ao seu poder, se deve usar o que lhe foi dado ou fazer o que parece mais prudente, devolvê-lo. Seu passado, seus traumas e suas dúvidas, perseguem-no durante essa primeira temporada, mostrando que por trás desse pastor com passado questionável, existe um homem que procura fazer o bem.

A introdução aos personagens que acompanham Jesse em sua jornada é muito bem elaborada pela direção e produção. As primeiras cenas de Tulipa O’Hare (Ruth Negga) e Cassidy (Joseph Gilgun), são envolventes, cheias de sangue e impactantes, ambos muito irreverentes e carismáticos, além de todos os episódios serem uma mistura bem balanceada de piadas e ação.

O Cara de Cú (Ian Colletti) obviamente foi o personagem que teve o visual mais aguardado pelos fãs, o que pode ter causado certa decepção nos leitores dos quadrinhos, se compararmos a adaptação com o desenho, o live action parece até bonito.

preacher-5Preacher consegue fazer uma junção de boa fotografia, enredo e personagens e colocar tudo em um formato que envolve e seduz o público, além de ter muitas reviravoltas. A primeira temporada é relativamente curta, com apenas 10 episódios, carregados de zombaria, ação e sangue, o que favorece o desenrolar da trama.

A série teve um painel na SDCC 2016, onde, Cooper, declarou que acha Jesse Custer “muito mais fácil de se desgostar do que eu imaginava”. Ruth Negga afirma estar contente por poder viver uma personagem feminina com um lado tão sombrio e uma carga dramática tão grande, mas que, ao mesmo tempo, consegue ser bem engraçada. E Gilgun, depois de dizer três ou quatro palavrões rápidos em poucos segundos, retrucou que se alguém se ofende com uma ou duas palavras feias, não deve assistir Preacher.

preacher-4Ainda no evento, a dois episódios do final da temporada, foram revelados vídeos dos próximos acontecimentos e o que todos queriam saber foi finalmente confirmado, a série terá uma segunda temporada e já tem vilão escalado!

Herr Starr estará presente no ano dois da série e segundo o produtor da série, Sam Catlin, o personagem já foi visto brevemente no terceiro capítulo da temporada, porém ainda não há confirmação de qual ator interpretará o personagem. Starr é um dos principais vilões dos quadrinhos de Preacher, e faz parte da organização O Graal, responsável por preservar a linhagem de Jesus Cristo.

preacher-7Preacher nos quadrinhos

Preacher é uma série de histórias em quadrinhos criada pelo roteirista Garth Ennis e pelo desenhista Steve Dillon, com capas feitas por Glenn Fabry, que foi publicada pelo selo Vertigo da DC Comics a partir de 1995.

Revolucionária pelo conteúdo e controvérsia de seus personagens, seu personagem principal é Jesse Custer, um pastor texano com um passado sórdido. O Pastor é possuído por uma entidade sobrenatural chamada Gênesis (o filho mestiço de um anjo e um demônio) que lhe atribui um poder de persuasão, fazendo com que as pessoas o obedeçam cega e literalmente.

Quando os anjos descobrem que a força da Gênesis está no corpo de Jesse, eles passam a tentar matá-lo, e quando questiona o porquê Deus não resolve a situação o anjo conta que Deus teria desistido da humanidade e abandonado o Céu, a partir daí Jesse toma as rédeas de sua vida e passa a procurar Deus com seus companheiros (Tulipa e Cassidy) em busca de respostas.

O quadrinho conta com uma série de personagens com características e personalidades marcantes, como Tulipa O’Hare, o vampiro centenário Cassidy, Eugene Root que depois de uma tentativa falha de suicídio passou a ser o Cara de Cú, Odin Quincannon, que tem um relacionamento curioso com carne, O Santo dos Assassinos, Fiore, DeBlanc, e por aí vai.

preacher-6Nosso veredito

Embora não seja exibida na televisão brasileira e de longe alcança o lado gore da série em quadrinhos, Preacher é uma série que vale a pena conhecer e acompanhar. A produção equilibra os conceitos da HQ original com as limitações impostas para se tornar mais “comercial”, sem medo de ousar e tentar algo que cative o público. Ainda não há data de estreia para a segunda temporada.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/08/preacher.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/08/preacher-300x300.jpgMarina CiconelicinemaAMC,DC Comics,Dominic Cooper,Garth Ennis,Glenn Fabry,Ian Colletti,Joseph Gilgun,Preacher,Ruth Negga,Steve Dillon,VertigoProduzido pela AMC, mesma emissora de Breaking Bad e The Walking Dead, a série Preacher estreou em 22 de maio e teve seu último episódio exibido no último domingo (31/7). O episódio piloto teve audiência de mais de 2,3 milhões e seus quatro primeiro episódios foram muitos bem avaliados...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe