Quando uma fórmula dá certo, Hollywood não larga o osso e investe em todas as suas variantes. Filmes inspirados em casais teen com pelo menos um deles fragilizado ou em estado terminal, por exemplo. Então, se você já viu “A Culpa é das Estrelas”, logo, “Tudo e Todas as Coisas” não trará surpresas para você.

“TUDO ENVOLVE RISCOS.
NÃO FAZER NADA TAMBÉM É ARRISCADO.
A DECISÃO É SUA.”

Esta frase, retirada do livro de Nicola Yoon não só nos lembra que independente de para onde você vá, o importante é a viagem como reforça que nossas escolhas terão consequências que só descobriremos após tomá-las.

Após viver 17 anos numa gaiola dourada devido a uma suposta doença autoimune, Maddy Whititier (Amandla Stenberg), convive dentro de uma casa esterilizada tendo como companhia apenas sua mãe, a Dra. Whittier (Anika Noni Rose), sua enfermeira Carla (Ana de la Reguera) e Rosa (Danube R. Hermosillo), a filha de sua enfermeira.

Conformada, ela fazia resenhas de livros e dioramas sem cor em que sempre colocava um astronauta, um personagem que espelha a forma como ela se relaciona com o mundo. A chegada do vizinho insistente Olly (Nick Robinson) remexe a estética de sua vida a ponto de ela optar pela vida. Contrariando a mãe de Maddy, o casal foge para o Havaí e vivem seu pequeno grande momento.

É um filme teen, baseado num livro para o mesmo público e não devemos esperar muito mais que isso.

Fofo como qualquer história para meninas e com uma fotografia belíssima e sensível que soube usar as cores, principalmente o amarelo, para pontuar a intensidade dos sentimentos de Maddy.

Um bom exemplo é o maiô amarelo que ela usa na praia. Além de evitar a erotização desnecessária do conceito, ele mostra que ela está feliz com a novidade, mas não completamente confortável com o conceito de se desnudar para o mundo.

Também é interessante ver que os dois sempre estão em preto em branco. Ela veste o branco da pureza de quem praticamente não conhece o mundo e ele é o cavaleiro negro que a leva para conhecer as impurezas mundanas que ela tanto desejava.

Os dois tem um momento feliz, mas como sabemos que o ápice da felicidade é o início da queda, sua história sofre um revés, mas não aquele que esperávamos.

O final foi digno e com surpresas que desconstruíram a fórmula iniciada com o A Culpa é Das Estrelas. Se você já leu o livro sabe do que estou falando, mas se não souber e gostar deste tipo de filme, leve seus lenços de papel e divirtam-se.

Trailer:


Tudo e Todas as Coisas

Direção: Stella Meghie
Roteiro: J. Mills Goodloe, baseado no livro de Nicola Yoon
Direção de Fotografia: Igor Jadue-Lillo
Trilha Sonora: Ludwig Göransson
Elenco: Amandla Stenberg, Nick Robinson, Anika Noni Rose, Ana de la Reguera, Taylor Hickson, Danube Hermosillo, Dan Payne, Fiona Loewi, Sage Brocklebank, Robert Lawrenson, Peter Benson, Françoise Yip
Distribuição nacional: Warner Bros

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/06/Tudo-e-Todas-as-Coisas.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/06/Tudo-e-Todas-as-Coisas-150x150.jpgAlexandre DassumpcaocinemaNós assistimosAmandla Stenberg,Ana de la Reguera,Anika Noni Rose,Dan Payne,Danube Hermosillo,Fiona Loewi,Françoise Yip,Igor Jadue-Lillo,J. Mills Goodloe,Ludwig Göransson,Nick Robinson,Nicola Yoon,Peter Benson,Robert Lawrenson,Sage Brocklebank,Stella Meghie,Taylor Hickson,Tudo e Todas as Coisas,Warner BrosQuando uma fórmula dá certo, Hollywood não larga o osso e investe em todas as suas variantes. Filmes inspirados em casais teen com pelo menos um deles fragilizado ou em estado terminal, por exemplo. Então, se você já viu “A Culpa é das Estrelas”, logo, “Tudo e Todas as...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe