fantastic-four-movie-foxHá exatos dez anos foi lançado pela FOX o primeiro filme do Quarteto Fantástico dessa nova geração de filmes de super-heróis. Com direção de Tim Story, a produção foi frustrante, mas aceitável. Ontem estreou a nova empreitada do quarteto que tem como objetivo repaginar os heróis para as telonas e, infelizmente, mostrar que nem sempre se pode aprender com uma decepção.

Agora sobre a batuta de Josh Trank, de Poder Sem Limites, o filme tem uma hora e meia bem estruturada. Confesso que gostei muito da criação da nova família que é o quarteto, mas o filme mais é uma ficção com um pouco de “porradaria” do que a fórmula que a Marvel tem apresentado nos cinemas.

O elenco completamente inesperado não empolga, mas consegue manter o ambiente família que a equipe sempre teve nos quadrinhos, o filme é curto e, para a proposta que ele impôs, cumpre, mas não contagia, não emociona, sendo comparado à episódios pilotos de séries dramáticas e fracas.

fantastic-four-movie-fox-1Esta versão tem muito pouco a ver com o que o Quarteto Fantástico significa, sendo mais adolescente, e em crescimento ainda. São prodígios trabalhando em alguma descoberta espacial que teve início em uma garagem, com equipamentos duvidosos, que, tentando dar um ar super gênio, ficou mais como uma feira de colégio. O roteiro claramente deixa buracos e dá um ar perdido a tudo, parecendo uma produção feita às pressas, que não elabora várias questões básicas da história original.

Mas não podemos falar que é de todo ruim, o novo coisa está bem bacana e os efeitos de vôo do Tocha Humana são bem melhores que o que se esperava.

O primeiro bloco do filme, focado no crescimento dos heróis, é o melhor, você chega a esquecer que é um filme de heróis e vilões, ele encanta como ficção apenas, mas lembrando que é um reboot, nada como você viu nos quadrinhos.

fantastic-four-movie-fox-2Primeiramente vemos Reed Richards crescendo ao lado de Ben Grimm, que o acompanha em todas as invenções e feiras, mas logo Ben é descartado para aparecer apenas quando conveniente ao plot. Reed o chama para a primeira viagem entre dimensões, onde acontece o acidente que dá poderes a todos, inclusive a Victor Von Doon, vulgo Doutor Destino.

Há uma quebra bruta no ritmo quando Doon aparece na metade da narrativa. O vilão tem motivação fraca, não encanta, não cativa e principalmente, mal faz frente aos heróis. A motivação para o antagonista “destruir a Terra” fica longe de ser convincente, culminando no combate final, que tinha tudo pra ser a luta do ano nos cinemas, mas o vilão não tem poderes bem definidos, ele esmaga crânios em cenas a lá Akira, mas não consegue expelir um raio nos heróis. A luta acaba tão rápida quanto começa, em uma cena de destruição do planeta idêntica à de Thor 2, um soco, fim da luta, final feliz. Corrido, mas feliz.

fantastic-four-movie-fox-4Nos quadrinhos o Quarteto Fantástico é uma das mais importantes equipes da Marvel Comics, já nos cinemas, três tentativas fracassadas da FOX de tentar adaptar os heróis. A sensação que fica é que temos a certeza de que a franquia Quarteto Fantástico é um caso perdido, sendo até um desperdício implementar em qualquer ponto dos Vingadores.

Merece ser visto no cinema? Sim, mas vá de coração aberto, não espere nada e você se encantará com a beleza do filme e a criança dentro de você será mais receptiva.

Vamos esperar que a sequência (programada para janeiro de 2017), melhore os pontos onde esta falhou atingindo todo o potencial da franquia.

Trailer:

Quarteto Fantástico
Direção: Josh Trank
Roteiro: Simon Kinberg, Josh Trank, Jeremy Slater
Elenco: Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan, Jamie Bell, Toby Kebbell, Reg E. Cathey , Tim Blake Nelson
Produtores: Matthew Vaughn e Simon Kinberg
Duração: 100 minutos

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/08/fantastic-four-movie-fox-3.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/08/fantastic-four-movie-fox-3-300x281.jpgVini MoreiracinemaNós assistimosFOX,Jamie Bell,Jeremy Slater,Josh Trank,Kate Mara,Matthew Vaughn,Michael B. Jordan,Miles Teller,Quarteto Fantástico,Reg E. Cathey,Simon Kinberg,Tim Blake Nelson,Toby KebbellHá exatos dez anos foi lançado pela FOX o primeiro filme do Quarteto Fantástico dessa nova geração de filmes de super-heróis. Com direção de Tim Story, a produção foi frustrante, mas aceitável. Ontem estreou a nova empreitada do quarteto que tem como objetivo repaginar os heróis para as telonas...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe