Predadores Assassinos é daqueles filmes que exploram a ideia de que animais atacariam os humanos sem terem sido atacados ou sem ter seu território invadido, usando a ideia de diversos filmes como os com piranhas, serpentes, baleias etc. Classificado erroneamente como terror, o filme tenta misturar o estilo catástrofe com o animais assassinos, causando no máximo uma leve tensão na cena em que torcemos para o cachorro.

De agosto ao início de outubro a Flórida passa pelo período de furacões, correndo o risco de inundações e grandes ondas, por isso todos os habitantes são evacuados do local. No meio do alerta a jovem nadadora Haley (Kaya Scodelario) tenta encontrar o pai, que não responde e parece ter ido para o meio do local atingido.

Quando finalmente consegue encontrá-lo, ele está gravemente ferido. Aos poucos, o nível da água começa a subir, e Haley também se fere e tanto ela quanto o pai precisam enfrentar inimigos inesperados: gigantescos crocodilos que chegam com as águas.

Haley sempre nadou, mas não chega a ser excepcional, tendo conseguido uma bolsa na universidade, porém ainda sim não passando suas rivais. A atriz parece ir por este mesmo ângulo, não tendo uma atuação lá muito memorável. Mesmo que você acompanhe a luta dela e do pai, Barry Pepper, para se salvar dos crocodilos, é mais provável que torça para a cachorrinha sair ilesa do que eles.

O roteiro tenta dar uma aprofundada na relação dos dois, mas só consegue mostrar um leve sentimento de culpa por parte de Haley, que acha que o tempo que o pai passava com ela na piscina foi a causa do divórcio dos pais. Durante o filme essa situação até se torna ridícula, tem um crocodilo enorme esperando pra comer eles e ela querendo discutir essa relação? Não faz nem sentido.

Quando a história do filme começa a ficar interessante e parece que vai se desenvolver, ela acaba, numa tentativa bizarra de deixar um gancho ou um final em aberto. A história não é tão interessante quanto sua premissa sugere, a protagonista não sustenta o filme e faltou ao menos mais duas cenas para fechar a história. Vale a pena esperar chegar nas telinhas.

Predadores Assassinos
Direção: Alexandre Aja
Roteiro: Michael Rasmussen e Shawn Rasmussen
Fotografia: Maxime Alexandre
Trilha sonora: Max Aruj e Steffen Thum
Elenco: Kaya Scodelario, Barry Pepper, Morfydd Clark, Ross Anderson, Jose Palma, Anson Boon, Ami Metcalf, George Sommer, Annamaria Serda
Produção: Paramount Pictures
Distribuição nacional: Paramount Pictures

Nós Assistimos: Predadores Assassinoshttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/09/predadores-assassinos-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/09/predadores-assassinos-1-150x150.jpgLaís TigrecinemaNós assistimosAlexandre Aja,Ami Metcalf,Annamaria Serda,Anson Boon,Barry Pepper,e Steffen Thum,George Sommer,Jose Palma,Kaya Scodelario,Max Aru,Maxime Alexandre,Michael Rasmussen,Morfydd Clark,Paramount Pictures,Predadores Assassinos,Ross Anderson,Shawn RasmussenFacebook Twitter Instagram Youtube Predadores Assassinos é daqueles filmes que exploram a ideia de que animais atacariam os humanos sem terem sido atacados ou sem ter seu território invadido, usando a ideia de diversos filmes como os com piranhas, serpentes, baleias etc. Classificado erroneamente como terror, o filme tenta misturar o estilo catástrofe...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!