FOX_PMC_PosterLancamento_64x94Do black ao big-close em olhos profundos. Em instantes, o plano vai se expandindo e assim vemos Caesar, o macaquinho treinado por Will Rodman (James Franco) como o líder de uma espécie símia evoluída. Assim começa o segundo filme da franquia reboot de Planeta dos Macacos, que definitivamente ganhou força narrativa em relação ao primeiro longa metragem de 2011.

Antes dos humanos entrarem em jogo, estes símios que se comunicam por gestos e algumas palavras em inglês vivem da caça e utilizam os cavalos como meio de transporte. Ali tudo está bem enquanto todos obedecem a lei primordial ensinada pelos veteranos: “Ape do not kill ape” (macaco não mata macaco, em português) e aí já podemos ver que a quebra dessa lei tem tudo para ser o plot twist.

ed050_0030_v330No entanto, não demora até que os apes conheçam alguns dos humanos imunes ao vírus H5N1, a epidemia que dizimou e destituiu a espécie dominante da Terra em Planeta dos Macacos: A Origem. Como em todo bom grupo de heróis, o mais medroso sempre faz bosta e, consequentemente, o grupo expõe estes símios (pertencentes a um mundo bom e selvagem do jeito que Russeau gosta) à arma de fogo.

Com a ameaça de uma guerra iminente, ambas as espécies tentam entrar em um acordo, mas o medo um do outro e o instinto de autopreservação acabam dissolvendo o breve período de paz entre símios e humanos.

bt079_0360_v142Como já se podia esperar, observando a sociedade desses macacos evoluídos vemos a construção dos laços sociais e das hierarquias de nossa própria espécie. Na narrativa encontramos o dualismo entre um líder humanista versus a liderança pela força, o mundo natural deturpado pela violência, o medo do desconhecido e por aí vai.

O filme tem efeitos visuais realmente interessantes, uma trilha sonora envolvente e um roteiro redondinho. Para quem já é fã da franquia pode ir sem medo. Para aqueles que ficaram meio desiludidos com o primeiro filme do reboot, recomendo dar uma chance. Esta segunda parte animou e criou uma expectativa bem maior para o que vem a seguir.

Trailer:

Planeta dos Macacos: O Confronto
Título original: Dawn of the Planet of the Apes
Nacionalidade: E.U.A.
Lançamento no Brasil: 24 de julho de 2014
Duração: 2h11
Direção: Matt Reeves
Roteiro: Mark Bomback, Scott Z. Burns, Rick Jaffa, Amanda Silver
Elenco: Andy Serkis, Angela Kerecz, Gary Oldman, Keri Russell, Jason Clarke, Judy Greer, Kodi Smit-McPhee, Toby Kebbell, Kirk Acevedo, Kevin Rankin

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/07/Planeta-dos-Macacos-O-Confronto_PosterTeaser_64x94-1024x814.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/07/Planeta-dos-Macacos-O-Confronto_PosterTeaser_64x94-300x300.jpgPriscila PirescinemaNós assistimosAmanda Silver,Andy Serkis,Angela Kerecz,Dawn of the Planet of the Apes,Gary Oldman,Jason Clarke,Judy Greer,Keri Russell,Kevin Rankin,Kirk Acevedo,Kodi Smit-McPhee,Mark Bomback,Matt Reeves,Planeta dos Macacos,Rick Jaffa,Scott Z. Burns,Toby KebbellDo black ao big-close em olhos profundos. Em instantes, o plano vai se expandindo e assim vemos Caesar, o macaquinho treinado por Will Rodman (James Franco) como o líder de uma espécie símia evoluída. Assim começa o segundo filme da franquia reboot de Planeta dos Macacos, que definitivamente ganhou...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe