Texto de Denis Ronan

Johnny Depp vive mais uma vez o pirata fanfarrão Jack Sparrow no quinto filme da franquia Piratas do Caribe que pretende se renovar e continuar nas marés do cinema. Marinheiros fantasmas assassinos, um capitão aterrorizante, um triângulo do diabo e um tridente de um deus. Será que os ventos da boa sorte sopraram com muita força para fazer o público esquecer o desnecessário “Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas” de 2011?

Já aviso, essa resenha contém grandes SPOILERS! Se você é um marujo corajoso, suba as velas e siga em frente.

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar (no original Pirates of the Caribbean: dead men tell no tales), conta a história do anti-herói, o pirata Jack Sparrow que sofre uma perseguição pelo capitão Salazar que, por conta de uma maldição, vive em um navio fantasma e, além de querer se vingar do pirata, deseja ir atrás do tridente de Poseidon para acabar com a maldição do seu navio e de sua tripulação.

Na trama, o capitão espanhol Armando Salazar (que é um caçador de piratas), acaba caindo em uma armadilha impetrada pelo recém-eleito capitão, o jovem pirata Jack Sparrow, e acaba entrando no Triângulo do Diabo, uma ilha proibida, e por conta disso, Salazar e toda sua tripulação acabam virando um navio de fantasmas que retornam anos depois querendo a cabeça de Sparrow.

Nesse ínterim, Henry Turner tenta desfazer a maldição do navio de seu pai, Will Turner do Holandês Voador, e para isso vai em busca do tridente de Poseidon, e acredita que Jack Sparrow sabe do seu paradeiro.

Carina Smyth (que descobre depois ser Carina Barbossa) está presa por ser considerada uma feiticeira, mas consegue escapar e tenta provar ser uma astrônoma que guiada por um diário deixado por seu pai (que descobre depois não ser um cientista e sim um pirata), também vai em busca do tridente, mesmo descrente de fantasmas e mitos dos mares, mas depois de embarcar no Pérola Negra acaba se dando conta que as lendas existem.

O filme se desenrola quando a história dos três se cruza. Carina e Sparrow iriam ser mortos em praça pública por seus “crimes” e Henry aparece ao modo Homem-Aranha para salvar os dois, e com uma ajudinha da tripulação que quase abandonou Sparrow depois de um roubo de tesouros sem sucesso, mas que voltam para salvar o capitão que possui a sorte como uma forte aliada.

O capitão Salazar, com a icônica frase “homens mortos não contam histórias”, invade outros navios até encontrar Sparrow e sua tripulação no mar, e no embate acaba sequestrando Henry, que só vão se encontrar novamente quando Carina, Sparrow e Hector Barbossa encontram o tridente de Poseidon, e em uma batalha contra o Salazar conseguem decifrar como desfazer as maldições dos mares.

A história é muito bem contada e amarrada, com boas pitadas de humor e ação em doses exatas. Destaque para a sequência de cenas bem humoradas da condenação de Jack Sparrow e Carina, onde Sparrow quase morre em uma guilhotina.

Com essa aventura toda ainda dá tempo de um casamento armado para Jack Sparrow, e também um encontro na prisão com um tio de Sparrow (tio Jack), participação mais que especial do Sir Paul McCartney.

Também rola um momento suor no olho com a descoberta tardia de Carina que seu pai, Hector Barbossa esteve ali ao seu lado no Pérola Negra, mas que só se revelou no momento que ele teve que sacrificar-se para poder salvá-los do capitão Salazar.

Um recado final: fique em seu posto e não saia correndo para ir ao banheiro, pois tem cena pós-crédito!

Trailer:

Piratas do Caribe: a vingança de Salazar
Direção: Joachim Rønning, Espen Sandberg
Roteiro: Jeff Nathanson, Terry Rossio
Música: Geoff Zanelli
Elenco: Johnny Depp (Capitão Jack Sparrow), Javier Barden (Capitão Armando Salazar), Brenton Thwaites (Henry Turner), Orlando Bloom (Will Turner), Kaya Scodelario (Carina Smyth), Geoffrey Rush (Hector Barbossa), Kevin McNally (Joshamee Gibbs), Paul McCartney (tio Jack)
Duração: 153 minutos
Produção: Jerry Bruckheimer films
Distribuidor: Walt Disney Studio

Texto de Denis Ronan
http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/05/Pirates-Of-The-Caribbean-5-Dead-Men-Tell-No-Tales-Trailer-6.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/05/Pirates-Of-The-Caribbean-5-Dead-Men-Tell-No-Tales-Trailer-6-150x150.jpgRenato LebeaucinemaNós assistimosA Vingança de Salazar,Brenton Thwaites,Espen Sandberg,Geoff Zanelli,Geoffrey Rush,Jack Sparrow,Javier Barden,Jeff Nathanson,Jerry Bruckheimer,Joachim Rønning,Johnny Depp,Kaya Scodelario,Kevin McNally,Orlando Bloom,Paul McCartney,Piratas do Caribe,Terry Rossio,Walt Disney StudioTexto de Denis Ronan Johnny Depp vive mais uma vez o pirata fanfarrão Jack Sparrow no quinto filme da franquia Piratas do Caribe que pretende se renovar e continuar nas marés do cinema. Marinheiros fantasmas assassinos, um capitão aterrorizante, um triângulo do diabo e um tridente de um deus. Será...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe