perfeita-e-a-mae-1Quando saí de casa para assistir o surpreendentemente engajante Perfeita é a Mãe (Bad Moms, no original), não esperava nada do filme; não havia ouvido falar dele até o dia anterior, quando o Impulso HQ foi convidado para a cabine de imprensa. Chegando no cinema, vejo no poster que o longa protagonizado por Mila Kunis era dos criadores de Se Beber Não Case – o que não significava nada para mim, porque nunca vi esse filme também (eu sei, podem me julgar).

Sendo assim, entrei na sessão completamente às cegas, que acredito ser a melhor maneira de assistir um filme pela primeira vez. Os primeiros minutos do filme apresentam Amy, uma jovem mãe de dois pré-adolescentes sobrecarregada com as responsabilidades de criar os filhos com atenção e ainda trabalhar.

Nestas cenas iniciais, Perfeita é a Mãe demonstra claramente sua identidade: uma comédia despretensiosa, mas com um claro viés crítico sobre as pressões sofridas por mães e crianças no subúrbio americano moderno.

perfeita-e-a-mae-4Após flagrar o marido (que, naturalmente, não ajuda em nada nas tarefas domésticas) a traindo pela internet – na primeira de um bom número de cenas excepcionalmente engraçadas do filme -, Amy o expulsa de casa e vai a um bar local afogar as mágoas. Lá, ela se aproxima de Carla (Kathryn Hahn), uma mãe divorciada desbocada e sexualmente atirada, e Kiki (Kristen Bell), uma dona de casa mãe de quatro crianças pequenas.

Após encher a cara e compartilhar suas frustrações com a maternidade, as três decidem se rebelar contra as expectativas que a sociedade impõe sobre elas e fazer mais aquilo que lhes dá prazer.

perfeita-e-a-mae-3A partir daí a trama segue de maneira bastante previsível para um filme Hollywoodiano desse estilo, mas os personagens são carismáticos e verossímeis o suficiente para que a emoção do roteiro pese mais que sua estrutura protocolar.

Vale também ressaltar que todas as atuações do elenco secundário do longa são no mínimo competentes (com destaque para a filha mais nova de Amy, interpretada por Oona Laurence) e Mila Kunis carrega com proficiência o núcleo do filme.

perfeita-e-a-mae-5Como é talvez de se esperar de um filme tão fiel à convenção cinematográfica contemporânea, o filme apresenta diversos problemas (em sua maioria pontuais e perdoáveis), mas gostaria de destacar apenas dois.

O primeiro diz respeito à fotografia e edição, que apresentam alguns clichês que prejudicam o que poderia ser uma comédia excepcional nas mãos de outro diretor – o que, justiça seja feita, é uma reclamação que desconsidera um pouco a proposta despretensiosa do filme.

perfeita-e-a-mae-2O segundo, e mais grave, é o fato de o mundo do filme destoar muito da realidade, especialmente no terceiro ato, onde as pontas soltas precisam ser amarradas com alguma pressa. As complicações práticas e econômicas das ações das personagens praticamente não são exploradas, e as reações das outras pessoas parecem servir mais a necessidade de chegar ao final desejado do roteiro do que aquilo que pessoas de verdade fariam.

Apesar destas falhas, Perfeita é a Mãe é sem dúvida um bom filme, se não o mais refinado. Mal posso esperar o lançamento definitivo para revê-lo com minha mãe, e recomendo ele a qualquer um que não seja muito seletivo no próprio gosto com comédia.

Trailer:

Perfeita é a Mãe estreia dia 11 de agosto em todo o Brasil.

Perfeita é a Mãe
(Bad Moms, USA, 2016)
Direção e roteiro: Jon Lucas e Scott Moore
Direção de fotografia: Jim Denault
Elenco: Mila Kunis, Kathryn Hahn, Kristen Bell, Christina Applegate, Jada Pinkett Smith, Jay Hernandez, Emjay Anthony, Annie Mumolo
Trilha sonora: Christopher Lennertz
Distribuidor nacional: Diamond Films Brasil

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/08/perfeita-e-a-mae.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/08/perfeita-e-a-mae-300x300.jpgPedro HortacinemaNós assistimosAnnie Mumolo,Christina Applegate,Christopher Lennertz,Diamond Films,Emjay Anthony,Jada Pinkett Smith,Jay Hernandez,Jim Denault,Jon Lucas,Kathryn Hahn,Kristen Bell,Mila Kunis,Perfeita é a Mãe,Scott MooreQuando saí de casa para assistir o surpreendentemente engajante Perfeita é a Mãe (Bad Moms, no original), não esperava nada do filme; não havia ouvido falar dele até o dia anterior, quando o Impulso HQ foi convidado para a cabine de imprensa. Chegando no cinema, vejo no poster que...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe