Em 2004, chegava aos cinemas uma excelente animação da Pixar, Os Incríveis. Divertido e empolgante, o filme marcou uma geração apresentando uma família de uma forma ainda não vista no gênero de super-heróis. O grande sucesso e a identificação do público com os personagens fizeram a produção ser uma das mais comentadas, ainda mais com a cena final onde o Escavador aparecia aterrorizando a cidade. Aquele fim deixou muita gente com aquele gostinho de quero mais e, após uma espera de mais de 10 anos, esse quero mais chegou de forma INCRÍVEL!

“Os Incríveis 2” traz sua família de super-heróis da Pixar preferida de volta, mas, dessa vez, Helena é quem assume o holofote, deixando Roberto em casa com Violeta, Flecha e Zezé para conduzir a heroica rotina de uma vida ‘normal’. É uma transição difícil para todos, que se complica ainda mais levando em conta que a família ainda não sabe dos superpoderes do bebê Zezé.

Quando o Hipnotizador, um terrível vilão traça um plano perigoso e brilhante, a família e Gelado precisarão encontrar um jeito de trabalhar juntos novamente – o que é mais fácil de dizer do que de colocar em prática, mesmo todos eles sendo realmente incríveis.

Com um início explosivo, “Os Incríveis 2” apresenta certas semelhanças com o primeiro filme: os heróis não poderem agir de forma legal, há uma agência que contrata os serviços de um membro da família Pêra e algo acontecer no final para unir a família. Isso não é demérito, mas um grande acerto, porque além de trazer um roteiro redondinho, Brad Bird (diretor e roteirista), traz inovações surpreendentes, como as excelentes cenas de ação e um ótimo desenvolvimento de personagens.

É muito bom revisitar a família Pêra e seu grande amigo Lúcio, ou melhor, Gelado, que continua sendo aquele amigo fiel e engraçado. Abrimos um sorriso a cada cena que eles aparecem, principalmente, na situação onde o Sr. Incrível é responsável pelos afazeres doméstico como cuidar da casa e de seus filhos superpoderosos e com problemas super-humanos. A maioria das cenas de ação ficam com a Mulher-Elástica, que precisa mostrar para o público o porquê os super-heróis devem ser legalizado.

Um dos pontos fortes e exclusivos desse filme é Zezé, o membro mais novo da família Pêra que apresenta diversos novos poderes, além de ser extremamente carismático. Sua interação junto da Edna Moda é perfeita. Os dois personagens, por mais diferentes que sejam, tem uma química cativante.

Os personagens novos conquistam a gente do início ao fim, sejam por pontas rápidas de super-heróis novos, como a dos dois irmãos Winston e Evelyn Deavor, donos da DEVTECH. Já o grande vilão da sequência, o Hipnotizador, traz uma leve crítica de onde a tecnologia pode nos levar controlando nossas mentes. Seu desenvolvimento é impecável dentro do filme e entendemos o motivo de sua raiva pelos super-heróis.

Muito humorado, o filme agrada o seu público alvo, as crianças, e os mais velhos, que acompanharam a primeira aventura assim que lançada. As piadas surgem naturalmente dentro da trama, e algumas podem facilmente tirar grandes gargalhadas da gente. A trilha sonora marcante e épica e sempre muito bem explorada é composta pelo fantástico Michael Giacchino, que também compôs a trilha do filme original. Impossível não se empolgar ouvindo a música tema nos momentos cruciais do longa.

“Os Incríveis 2” mostra como foi bom esperar: roteiro impecável, personagens amáveis, cenas de ação de tirar o fôlego e trilha sonora perfeita! Brad Bird está sempre certo ao afirmar que só faz sequência de suas criações quando sente que tem algo a contar, e esse filme tem muito a contar.

Os Incríveis 2
Direção: Brad Bird
Roteiro: Brad Bird
Direção de fotografia: Mahyar Abousaeedi
Trilha sonora: Michael Giacchino
Elenco (vozes): Craig T. Nelson, Holly Hunter, Sarah Vowell, Huck Milner, Catherine Keener, Eli Fucile, Bob Odenkirk, Samuel L. Jackson, Michael Bird, Sophia Bush, Brad Bird, Phil LaMarr
Produção: Pixar, Walt Disney Pictures
Distribuição nacional: Disney / Buena Vista

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/06/os-incriveis-2-pixar-8.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/06/os-incriveis-2-pixar-8-150x150.jpgLucas AssiscinemaNós assistimosBob Odenkirk,Brad Bird,Catherine Keener,Craig T. Nelson,Disney,Eli Fucile,Holly Hunter,Huck Milner,Mahyar Abousaeedi,Michael Bird,Michael Giacchino,Os Incríveis,Phil LaMarr,Pixar,Samuel L. Jackson,Sarah Vowell,Sophia BushFacebook Twitter Instagram Youtube Em 2004, chegava aos cinemas uma excelente animação da Pixar, Os Incríveis. Divertido e empolgante, o filme marcou uma geração apresentando uma família de uma forma ainda não vista no gênero de super-heróis. O grande sucesso e a identificação do público com os personagens fizeram a produção ser...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe