Mais um filme do Homem-Aranha chega aos cinemas, desta vez, uma animação que tem como protagonista não o Peter Parker, mas Miles Morales, o Homem-Aranha do universo Ultimate dos quadrinhos.

Peter Parker é o Homem-Aranha mais famoso e há anos você já conhece a sua vida com os milhares de filmes que foram lançados desde 2002. A animação já parte de um lugar novo quando foca em Miles, um garoto inteligente que gosta de desenhar, ouvir musica e acabou de entrar em uma boa escola particular, porém, ele não sente que se encaixa naquele lugar.

Durante uma tentativa de se encontrar, Miles é picado por uma aranha radioativa e ao procurar respostas, se vê no meio de uma luta do Rei do Crime com o Homem-Aranha enquanto o vilão tenta ligar um colisor que abre novas dimensões. Durante a luta Peter Parker morre e Miles deve enfrentar o vilão para cumprir uma promessa.

Como era esperado, o filme apresenta outros Homens-Aranhas de outras dimensões que vão aparecendo durante as tentativas do Rei do Crime de ligar o colisor. Gwen, o Aranha Noir, o Porco-Aranha, outro Peter Parker e uma versão anime com um robô-aranha se unem contra os vilões para fechar a passagem para os multiversos, ou melhor, “aranhaverso”.

A animação tem uma estética diferente, com elementos dos quadrinhos, um uso de cores diferente e uma trilha sonora divertida que se encaixa perfeitamente na história. Os traços inovadores com o roteiro simples e ao mesmo empolgante combinados com a música proporcionam uma ótima experiência e uma possível indicação à prêmios (Oscar a vista) não seria uma surpresa.

Miles nos quadrinhos conseguiu o que nenhum outro personagem tinha conseguido até então: substituir o herói titular de gerações e representar toda uma nova geração. O garoto de origem latina foi um marco. Renovou as histórias do Homem-Aranha e manteve as origens de um menino desajustado que procura do seu lugar no mundo, o que trouxe identificação e representação com o público.

Com tamanho sucesso e potencial de Morales não foi à toa que ele foi incorporado ao universo regular da Marvel Comics e atualmente faz parte de uma das principais equipes jovens da Casa de Ideias e sendo o ponto central de alguns dos principais arcos da editora.

“Homem-Aranha no Aranhaverso” traz toda essa essência e nova dinâmica e tem tudo para repetir nos cinemas o que o personagem principal conseguiu fazer nos quadrinhos: continuar sendo relevante e conquistando novos fãs.

Aqui no Brasil, o filme estreia em 10 de Janeiro de 2019 e fica a dica: fique até o final dos créditos!

Homem-Aranha no Aranhaverso
Direção: Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman
Roteiro: Brian Michael Bendis, Phil Lord, Sara Pichelli
Trilha Sonora: Daniel Pemberton
Direção de arte: Dean Gordon e Patrick O’Keefe
Elenco (vozes): Brian Tyree Henry, Hailee Steinfeld, Jake Johnson, Lauren Luna Vélez, Liev Schreiber, Lily Tomlin, Mahershala Ali, Shameik Moore
Empresas: Sony Pictures Animation, Marvel Animation, Sony Pictures Entertainment, Columbia Pictures Corporation
Produtores: Amy Pascal, Avi Arad, Christina Steinberg, Christopher Miller, Phil Lord
Distribuição nacional: Sony Pictures

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/12/homem-aranha-aranhaverso-sony-2.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/12/homem-aranha-aranhaverso-sony-2-150x150.jpgLaís TigrecinemaNós assistimosAranhaverso,Bob Persichetti,Brian Michael Bendis,Homem-Aranha,Marvel,Miles Morales,Peter Ramsey,Phil Lord,Rodney Rothman,Sara Pichelli,SonyFacebook Twitter Instagram Youtube Mais um filme do Homem-Aranha chega aos cinemas, desta vez, uma animação que tem como protagonista não o Peter Parker, mas Miles Morales, o Homem-Aranha do universo Ultimate dos quadrinhos. Peter Parker é o Homem-Aranha mais famoso e há anos você já conhece a sua vida com os milhares...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe