Hitman-Agent-47-2Para que não conhece, Hitman é, de longe, uma das maiores franquias de games até hoje. Com jogos baseados no gênero policial/espionagem a série que já possui jogos para Xbox, PlayStation 2, GameCube, Xbox 360 e PlayStation 3, teve até um romance, Hitman: Enemy Within escrito por William C. Dietz, seguido por Hitman: Damnation e mais uma outra adaptação cinematográfica: Hitman (2007).

Basicamente a série desenrola-se à volta do Agente 47, um assassino profissional clonado, cujo registro impecável o coloca em alta procura entre os ricos e a elite. O Agente 47 (Rupert Friend) é um assassino geneticamente modificado criado para ser a máquina de matar perfeita. Agora, ele precisa caçar uma mega operação que pretende usar o segredo de sua criação para a formação de um exército imbatível, dando origem a uma nova guerra e a um futuro destruidor.

No geral, “Hitman – Agente 47” não é um filme ruim, mas deixou claro que para Hollywood, investir em filmes que são adaptações de games, pode ser um mercado muito arriscado. Para quem vai ao cinema sem conhecer os jogos, não passa de um filme de ação com muitas reviravoltas, mas para quem conhece a franquia mais a fundo, o filme deixa a desejar, mesmo com mais de 1h e meia de filme.

A trama dos jogos ou livros de Hitman já é bastante cinematográfica. Particularmente não acho que daria tantos problemas para uma trama policial, contudo um assassino silencioso dos games se tornou uma explosão nos cinemas. O filme era um dos mais esperados do ano, se assemelhando muito com o jogo Hitman Absolution. A direção é de Aleksander Bach, que está em sua estreia em longas-metragens depois de uma lucrativa carreira em comerciais.

Hitman-Agent-47-4A trama utiliza de formas prontas e apesar das reviravoltas deixarem um clima extremamente confuso, Hitman diverte, mas não encanta. A história tem uma base de plots bem manjada, a heroína para fazer par ao protagonista, o vilão maquiavélico, a tensão do clima de guerra, a virada de mesa e o tiroteio que não oferece perigo aos mocinhos.

Desta vez, vemos mais do passado do agente 47, que revela ser menos frio e sem consciência do que vimos nos últimos games e filme, descobrimos que ele tem uma irmã e juntos eles buscam por seu pai antes que a Organização (sim, este é o nome da organização secreta e poderosa de assassinos, A Organização), o encontre e extraia dele a fórmula para a construção de um agente (é assim que os agentes, assassinos discretos e perigosos também são chamados, Agentes, meu Deus).

A presença feminina é bem marcada por Hannah Ware, uma bela atriz, apesar do papel ser meio vago e sem personalidade e ela ser a única mulher marcante do filme. Zachary Quinto faz o vilão John Smith. Um péssimo vilão. Talvez por se passar por herói na primeira metade do filme. Tanto o ator não tem cara de vilão, como o papel não intimida, não tem carisma.

Hitman-Agent-47Se você vai ou não gostar desse filme, acredito que depende apenas de suas expectativas ou experiências com a série. Se você for aberto a assistir um novo filme policial, sem experiências ou más impressões, você vai gostar, é um plot padrão, que apesar de usual, não é ruim.

É um filme de ação razoável, mas uma adaptação ruim. Fãs de jogos chegaram a se sentir ofendidos esperando uma trama mais adulta ou evoluída. Vale lembrar que Vin Diesel esteve na produção do primeiro filme, em 2007, mesmo sendo cotado para fazer o papel do próprio agente 47, e nem isto o livrou de uma decepção iminente.

Rupert Friend faz um ótimo papel de agente na primeira parte do filme, ele realmente amedronta e tem uma aparência mais assassina que Timothy Olyphant no primeiro filme.

No fim das contas, é difícil não se sentir um pouco triste por Hitman: Agente 47. Além do filme ser muito esperado, o verão veio recheado de grandes filmes de ação como Mad Max. Hitman é ousado logo de cara, interessante, mas acaba não sendo inteligente, e há momentos em que você não entende totalmente onde o filme quer chegar.

O principal problema de Hitman é o fato do estúdio e os produtores estarem tão ansiosos e focados na tentativa de criar uma franquia, que não dão a devida atenção a pequenos detalhes que iniciam uma franquia de sucesso, não dão ao filme um final apropriado na esperança de um clima que não chega nunca…

Bom, fiquemos no aguardo da continuação.

A 20th Century Fox distribuirá o filme mundialmente e o lançamento está previsto para 27 de agosto no Brasil.

Trailer:

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/08/Hitman-Agent-47-3.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/08/Hitman-Agent-47-3-300x281.jpgVini MoreiracinemaNós assistimos20th Century Fox,Agente 47,FOX,Hannah Ware,Hitman,Rupert Friend,William C. DietzPara que não conhece, Hitman é, de longe, uma das maiores franquias de games até hoje. Com jogos baseados no gênero policial/espionagem a série que já possui jogos para Xbox, PlayStation 2, GameCube, Xbox 360 e PlayStation 3, teve até um romance, Hitman: Enemy Within escrito por William C....O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe