em ritmo de fuga baby driver

Um Subaru WRX vermelho estacionado na porta de um banco aguarda os ladrões que entraram para assaltá-lo. Na direção e responsável pela fuga está Baby (Ansel Elgort, de A Culpa É das Estrelas), um motorista tremendamente habilidoso apesar da aparência frágil e da pele de bebê, e que por conta de um problema de audição só dirige ouvindo música (boa).

Baby ‘trabalha’ para Doc (Kevin Spacey, de House of Cards) e por conta de uma dívida com o criminoso é obrigado a fazer os serviços sem contestar.

Quem lê o texto até aqui pode imaginar que Em Ritmo de Fuga (Baby Driver, no título original) pode ser um subproduto de Velozes ou Furiosos. Engana-se. Trata-se de um dos filmes mais espertos dos últimos tempos, que só ganha pontos pelo trabalho de direção impecável de Edgard Wright (do clássico geek Scott Pilgrim Contra o Mundo).

em ritmo de fuga baby driverAo mesmo tempo em que dosa de forma perfeita os elementos de ação (perseguições e tiroteios), romance (Baby se apaixona pela garçonete interpretada por Lily James) e drama (o protagonista sofre com a morte precoce da mãe), Wright se esquiva da pieguice em todos os momentos e ainda recheia o filme com referências pop de primeira qualidade – Os Bons Companheiros, de Martin Scorsese, é homenageado de uma forma primorosa.

A escalação (e o desempenho) dos atores acompanha o ritmo. Além de Elgort, que ensaia seguir os passos de Leonardo DiCaprio e livrar-se do rótulo de galã-teen-e-nada-mais, Jamie Foxx enche a tela com seu vilão marrento e canastrão e John Hamm acerta no alvo como um amante bad boy.

em ritmo de fuga baby driverParte fundamental do filme e tão importante quanto qualquer outro personagem, a trilha sonora é um golaço. Predominantemente diegética, ela dá o tom das perseguições, sublinha os sentimentos e emoções dos personagens e funde-se aos diálogos. Estão nela nomes como The Beach Boys, Carla Thomas, Barry White, Queen e The Jon Spencer Blues Explosion (os dois últimos em momentos particularmente incríveis).

Nadando de braçada nas bilheterias americanas, Em Ritmo de Fuga tem deixado até a megaprodução Transformers: O Último Cavaleiro comendo poeira. Merece o sucesso e os louros por injetar inteligência em uma fórmula quase sempre refém de atores musculosos e com pouco a acrescentar.

Trailer:


Em Ritmo de Fuga

Direção e roteiro: Edgar Wright
Diretor de Fotografia: Bill Pope
Trilha Sonora: Steven Price
Elenco: Ansel Elgort, Jon Bernthal, Jon Hamm, Eiza González, Micah Howard, Lily James, Morgan Brown, Kevin Spacey, Morse Diggs, CJ Jones, Sky Ferreira, Lance Palmer, Hudson Meek, Viviana Chavez
Distribuidor nacional: Sony Pictures

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/07/em-ritmo-de-fuga-6.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/07/em-ritmo-de-fuga-6-150x150.jpgEder GarridocinemaNós assistimosAnsel Elgort,Baby Driver,Bill Pope,CJ Jones,Edgar Wright,Eiza González,Em Ritmo de Fuga,Hudson Meek,Jon Bernthal,Jon Hamm,Kevin Spacey,Lance Palmer,Lily James,Micah Howard,Morgan Brown,Morse Diggs,Sky Ferreira,Sony Pictures,Steven Price,Viviana ChavezUm Subaru WRX vermelho estacionado na porta de um banco aguarda os ladrões que entraram para assaltá-lo. Na direção e responsável pela fuga está Baby (Ansel Elgort, de A Culpa É das Estrelas), um motorista tremendamente habilidoso apesar da aparência frágil e da pele de bebê, e que por...IMPULSO HQ é um site sobre cultura pop nerd em geral como histórias em quadrinhos, cinema, séries, mangá, anime e games
Compartilhe