O anti-herói mais carismático e boca suja dos quadrinhos está de volta aos cinemas mostrando que a segunda vez pode ser melhor sim!

Em 2016 fomos surpreendidos com o primeiro longa solo de Deadpool, o mercenário tagarela da Marvel Comics. Violento, sanguinário e cheio de piadas com relação a cultura pop em geral, podemos dizer que Deadpool de 2016 foi um divisor de águas para os filmes de super-heróis.

A FOX acertou em cheio ao arriscar e produzir um filme de “herói” com uma pegada mais adulta e que com certeza se não fosse por ele, o filme Logan de 2017 não teria sido produzido da mesma forma como nós conhecemos e até reconhecido pela Academia com a indicação de um Oscar.

Em Deadpool 2 a sinopse é bem simples. Deadpool forma uma equipe de mutantes chamada X-Force para impedir que o jovem mutante Russell (Punho de Fogo) seja morto pelo soldado viajante no tempo, Cable.

A sequência tem uma abordagem mais séria e mais profunda. Podemos até dizer que Deadpool está sofrendo e que “conseguimos sentir a sua dor”. Apesar de ser um longa mais sério, toda a diversão e piadas sujas que adoramos no primeiro filme se repetem de modo mais hilário.

A direção de David Leitch (diretor que também ajudou a dirigir John Wick: De Volta ao Jogo de 2014 e Atômica de 2017), consegue nos manter preso do começo ao fim, dando um ótimo ritmo para o filme. As cenas de ação são muito bem orquestradas e bem ambientadas, apresentando tudo o que está acontecendo sem cortes abruptos, diferentemente de muitos filmes de ação.

Ryan Reynolds é o Deadpool, isso não tem nem o que discutir. É possível notar que tudo ali tem seu toque e que se não fosse por pelo ator e produtor, a franquia nem existiria. Cable (Josh Brolin), está sensacional e super convincente. Ameaçador, durão e sedento por vingança, e tudo isso é percebido só pelo olhar. Já Dominó (Zazie Beetz), tem as cenas de ação mais divertidas, justamente por ter o poder mutante de ter sorte.

Outro personagem que merece destaque é Russel ou Punho de Fogo (Julian Dennison). O adolescente gordo, que tem sede de vingança, é extremamente convincente em suas motivações e em suas ações.

Vale destacar, sem dar spoiler, as participações especiais no filme, que mesmo por serem bem rápidas, cumprem muito bem o seu papel.

A sequência do filme solo do Mercenário só nos confirmou que o Deadpool veio pra ficar e que não é à toa que a produção é um dos filmes mais aguardados do ano. Nossa recomendação: vá ao cinema, se divirta e dê boas risadas com Deadpool e sua trupe de desajustados que tentam salvar o dia (ao modo deles é claro!).

Deadpool 2
Direção: David Leitch
Roteiro: Rhett Reese, Paul Wernick e Ryan Reynolds
Fotografia: Jonathan Sela
Trilha Sonora: Tyler Bates
Elenco: Ryan Reynolds, Josh Brolin, Morena Baccarin, Zazie Beetz, Brianna Hildebrand, Bill Skarsgård, T.J. Miller, Terry Crews, Rob Delaney, Julian Dennison, Lewis Tan, Jack Kesy, Eddie Marsan, Shioli Kutsuna, Leslie Uggams, Karan Soni
Empresas: The Donners’ Company, Marvel Entertainment, Twentieth Century Fox
Distribuição Nacional: FOX

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/05/deadpool-6.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/05/deadpool-6-150x150.jpgLuiz GustavocinemaNós assistimosFacebook Twitter Instagram Youtube O anti-herói mais carismático e boca suja dos quadrinhos está de volta aos cinemas mostrando que a segunda vez pode ser melhor sim! Em 2016 fomos surpreendidos com o primeiro longa solo de Deadpool, o mercenário tagarela da Marvel Comics. Violento, sanguinário e cheio de piadas com relação a...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe