Depois tantas notícias, textos, trailers e milhares de ações promocionais chegou a hora de conferir o live-action tão esperado de “A Bela e a Fera”. Sua animação lançada em 1991 já havia sido um sucesso e até ao Oscar de Melhor Filme ela chegou a concorrer (a primeira animação a concorrer o prêmio de melhor filme pela Academia); com o live-action a Disney mostrou que não faria diferente e fez de tudo para ser a adaptação do ano de 2017.

Desde o primeiro momento ela mostrou que seria saudosista à primeira versão, e isso sabíamos desde o primeiro trailer igualzinho ao trailer da versão do desenho. A mesma música se inicia com o conto do príncipe belo que devido sua arrogância é amaldiçoado por uma feiticeira a viver como Fera para a eternidade, a não ser que encontrasse o amor verdadeiro antes da última pétala da rosa mágica caísse.

Logo somos surpreendidos pelo acordes de “Bonjour”, um pequena aldeia francesa do século XVII e com uma Emma Watson que, ao longo do filme, se mostra uma verdadeira princesa Disney e que pode cantar.

E já que estamos falando disso, você vai cantar as músicas junto. O fato das músicas originais de Alan Menken serem mantidas, só ajuda o espectador voltar para a época em que assistiu ao desenho (no meu caso, cada vez que uma música começava, o arrepio era garantido), algumas canções foram acrescentadas e não destoam das demais, mesmo porque são da mesma autoria. Elas ajudam a complementar a história.

Além disso, a cantoria não é exagerada e um pouco mais de veracidade é encontrada nas vozes dos interpretes, visto que estamos falando de filme com atores reais em que toda pegada envolve um pouco mais de realidade. Um destaque a parte para as coreografias que são dignas dos projetos dos estádios, preenchem bem a cena, são coloridas e trazem alegria.

O filme foi feito para agradar crianças e adultos, logo alguns incrementos e alterações são colocados de forma a amarrar melhor a história como uma explicação para apenas conhecermos alguns dos empregados do castelo em forma de objeto, ou o fato de agora Madame Samovar (Emma Thompson) ter apenas Zip como filho e não mais todas as xícaras, Zip é a única xícara que antes fora um menino.

Além disso, são amarradas as histórias das famílias dos protagonistas, uma explicação para a morte da mãe de Bela e um motivo para a Fera ter se tornado tão arrogante; até Gaston ganhou um passado de ex soldado de guerra.

Um detalhe à parte para Josh Gad que dá vida a LeFou, o amigo fiel de Gaton, que nessa versão ganhou um toque homossexual, o que foi muito discutido na mídia. O LeFou homossexual rouba a cena ao tentar roubar o coração de Gaston ou simplesmente tentar agir igual ao amigo, não teria uma explicação melhor para alguém idolatrar tanto alguém tão egoísta.

Luke Evans com esse personagem também se deu muito bem. Parece que transformaram a versão de animação em realidade, até as aparências físicas são iguais e o personagem ainda consegue carregar um carisma mesmo com tamanho egoísmo e autoestima hiper elevada.

Kevin Kline, com Maurice, dá a cena a um pai da Bela menos lunático, e sim melancólico sem sua mulher, o que mostra que aí tem coisa por vir! No pouco que vimos Dan Stevens na forma humana, ele também agrada, assim como todos que interpretaram os personagens amaldiçoados do castelo.

Enfim, A Bela e a Fera será um desses filmes que vai agradar crianças e adultos e deixar as fãs da Disney, como eu, extasiados. E mesmo sabendo o final, não vai impedir ninguém de se emocionar, embarcar na nostalgia e até mesmo chorar um pouquinho.

Trailer:

A Bela e a Fera
Direção: Bill Condon
Roteiro: Evan Spiliotopoulos e Stephen Chbosky
Fotografia: Tobias A. Schliessler
Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans, Josh Gad, Kevin Kline, Hattie Morahan, Haydn Gwynne, Gerard Horan, Ray Fearon, Ewan McGregor, Ian McKellen, Emma Thompson, Nathan Mack, Audra McDonald, Stanley Tucci, Gugu Mbatha-Raw
Trilha Sonora: Alan Menken
Produção: Walt Disney Studios Motion Pictures USA e Mandeville Films
Distribuição Nacional: Disney / Buena Vista

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/03/a-bela-e-a-fera.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/03/a-bela-e-a-fera-150x150.jpgBarbara HeliodoracinemaNós assistimosA Bela e a Fera,Alan Menken,Audra McDonald,Bill Condon,Dan Stevens,Disney,Emma Thompson,Emma Watson,Evan Spiliotopoulos,Ewan McGregor,Gerard Horan,Gugu Mbatha-Raw,Hattie Morahan,Haydn Gwynne,Ian McKellen,Josh Gad,Kevin Kline,Luke Evans,Nathan Mack,Ray Fearon,Stanley Tucci,Stephen Chbosky,Tobias A. Schliessler,Walt Disney StudiosDepois tantas notícias, textos, trailers e milhares de ações promocionais chegou a hora de conferir o live-action tão esperado de “A Bela e a Fera”. Sua animação lançada em 1991 já havia sido um sucesso e até ao Oscar de Melhor Filme ela chegou a concorrer (a primeira animação...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe