Bad Boys é uma franquia de comédia de ação com cenas bem características. Dirigidos por Michael Bay, os dois primeiros contam com muita explosão e câmera lenta! E, apesar da nova direção com Bilall Fallah e Adil El Arbi, Bad boys para Sempre mantém tudo que amamos nos dois primeiros filmes.

Mike (Will Smith) e Marcus (Martin Lawrence) estão mais maduros, embora Mike não queira admitir que os anos passaram e que as coisas mudam. Novas tecnologias foram inseridas na polícia, Marcus agora é avô e chega a tão esperada aposentadoria dele. Enquanto a dupla aposta corrida, Mike é baleado por um motociclista.

O atirador é filho de um antigo casal que liderava um cartel de drogas e que foi preso por Mike quando este tinha acabado de sair da academia de polícia. Cheio de sede de vingança pela prisão e morte do pai e instruído por sua mãe (Kate Del Castillo) que acaba de fugir da cadeia, Armando Armas (Jacob Scipio) vai matando um por um os responsáveis pela prisão e morte de seu pai.

É claro que Mike sobrevive ao tiro, afinal, não teria Bad Boys somente com o Marcus. Mike está disposto a descobrir o responsável pelo ataque a todo custo, nem que para isso tenha que se juntar a nova equipe de Elite AMMO, que o faz parecer bem obsoleto, o que força Marcus a sair da aposentadoria para uma última missão.

O filme é bem despretensioso. O roteiro faz graça com o fato de eles envelhecerem e não tenta recriar a roda, se mantendo fiel a essência de seus personagens. A colocação de um novo interesse amoroso para Mike e o sumiço da irmã de Marcus na história é resolvido com uma linha de diálogo o que resolve muito bem um possível furo.

Bad boys é um adeus excelente para a franquia, embora termine com uma cena entre os créditos que deixa a impressão de que este pode ser um até logo.

Bad Boys para sempre
Direção: Adil El Arbi, Bilall Fallah
Roteiro: Chris Bremner, Anthony Tambakis
Fotografia: Robrecht Heyvaert
Trilha sonora: Lorne Balfe
Elenco: Will Smith, Martin Lawrence, Vanessa Hudgens, Joe Pantoliano, Alexander Ludwig, Charles Melton, Paola Núñez, Theresa Randle, Jacob Scipio, Massi Furlan, DJ Khaled, Nicky Jam, Thomas Brag
Produção e distribuição nacional: Sony Pictures

Nós Assistimos: Bad Boys para semprehttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2020/01/bad-boys-para-sempre.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2020/01/bad-boys-para-sempre-150x150.jpgLaís TigrecinemaNós assistimosAdil El Arbi,Alexander Ludwig,Anthony Tambakis,Bad Boys,Bilall Fallah,Charles Melton,Chris Bremner,DJ Khaled,Jacob Scipio,Joe Pantoliano,Lorne Balfe,Martin Lawrence,Massi Furlan,Nicky Jam,Paola Núñez,Robrecht Heyvaert,Sony Pictures,Theresa Randle,Thomas Brag,Vanessa Hudgens,Will SmithFacebook Twitter Instagram Youtube Bad Boys é uma franquia de comédia de ação com cenas bem características. Dirigidos por Michael Bay, os dois primeiros contam com muita explosão e câmera lenta! E, apesar da nova direção com Bilall Fallah e Adil El Arbi, Bad boys para Sempre mantém tudo que amamos nos dois...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!