Mais uma adaptação Hollywoodiana de um mangá e desta vez acertaram em cheio!

Em 2357, depois dos eventos da que resultaram na “Queda”, restou apenas uma única cidade flutuante e abaixo a Cidade de ferro. Durante umas andanças em um depósito de sucata, o Dr. Dyson Ido (Christoph Waltz) encontra um ciborgue aos pedaços, porém ainda “vivo”. Ele o reconstrói, dá um novo corpo e ao acordar o robô não se lembra de nada do que viveu antes de ser achado no descarte.

Assim começa “Alita: Anjo de Combate”, a mais nova tentativa de Hollywood em adaptar um mangá para os seus padrões. Depois de tentativas controversas como Ghost in the Shell ou até mesmo Death Note, a produção chega em um momento em que alguns fãs (mais precisamente os leitores de mangás) estão com aquela pulga de desconfiança atrás da orelha.

Felizmente, o clássico cyberpunk criado nos anos 90 por Yukito Kishiro esteve em boas mãos. James Cameron, diretor e produtor que dispensa apresentações e tem uma carreira marcada por apresentar filmes que mudaram a história dos efeitos especiais nos cinemas, Robert Rodriguez, o diretor audacioso que tem em seu currículo obras que dosam ação e boa história como Um Drink no Inferno, A Balada do Pistoleiro e a adaptação dos quadrinhos de Sin City para as telonas.

Com toda essa bagagem e adicionando o fato dos dois serem fãs assumidos do mangá (que por muitos está no mesmo patamar de Akira e Ghost in the Shell), o filme é fiel a muitos conceitos da obra original e todo visual criado por Cameron e Rodriguez é de encher os olhos.

Na trama, Alita (Rosa Salazar) explora o mundo à sua volta na esperança de recuperar suas memórias. No meio de suas descobertas sobre seu passado, um instinto de lutadora toma conta de Alita e ela descobre um talento para a diversão local, o perigoso esporte Motorball, além do fato de que Dr. Ido é também um guerreiro-caçador, protegendo a cidade de ferro e faz um amigo, Hugo (Keean Johnson), que tenta ajudá-la em sua jornada.

A ciborgue acaba despertando o interesse de pessoas perigosas e poderosas. Isso a leva a ser perseguida pelo ciborgue Grewishka e descobertas surpreendentes sobre quem são aliados e quem são os inimigos. A amizade com Hugo acaba virando algo mais e segredos do passado de ambos complicam ainda mais as coisas quando poderosos decidem agir com mais veemência.

A complexidade e vastidão da obra original do japonês Yukito Kishiro foi um grande desafio e levou 20 anos para que o projeto conseguisse chegar às telas dos cinemas. Mais uma vez Cameron mostra porque é considerado um gênio quando o assunto é usar efeitos visuais para benefício da história. A técnica de captura de movimento alcançou um patamar visual excepcional e elevou mais uma vez o nível para os filmes no futuro.

Por se tratar de uma história de origem é compreensível um pouco de dramatização no meio da trama, isso dá a Alita mais força para lutar e acaba gerando empatia. Para quem quiser saber mais da história de Alita, o filme deu origem ao livro Alita – Anjo de combate (Pat Cadigan; pg: 406; Editora Record; R$ 49,90) que conta a história apresentada na produção hollywoodiana com mais aprofundamento na trama da ciborgue.

Como era esperado, o gancho para novas história foi deixado, e sinceramente, é muito bem vindo!

Alita: Anjo de Combate
Direção: Robert Rodriguez
Roteiro: Robert Rodriguez, James Cameron, Laeta Kalogridis
Fotografia: Bill Pope
Trilha sonora: Junkie XL
Elenco: Christoph Waltz, Ed Skrein, Jackie Earle Haley, Jennifer Connelly, Mahershala Ali, Michelle Rodriguez, Rosa Salaza,r Alex Livinalli, Derrick Gilbert, Eiza González, Elle LaMont Idara, Victor Jeff, Fahey Jorge A. Jimenez, Keean Johnson, Lana Condor, Leonard Wu, Marko Zaror, Tristan Riggs
Produção: James Cameron e Jon Landau
Empresas envolvidas: 20th Century Fox, Weta Digital, Lightstorm Entertainment
Distribuição nacional: Fox Film do Brasil

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/02/alita-anjo-de-combate-11.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/02/alita-anjo-de-combate-11-150x150.jpgLaís TigrecinemaNós assistimos20th Century Fox,Alita,Anjo de Combate,Bill Pope,James Cameron,Junkie XL,Laeta Kalogridis,Lightstorm Entertainment,Robert Rodriguez,Weta DigitalFacebook Twitter Instagram Youtube Mais uma adaptação Hollywoodiana de um mangá e desta vez acertaram em cheio! Em 2357, depois dos eventos da que resultaram na “Queda”, restou apenas uma única cidade flutuante e abaixo a Cidade de ferro. Durante umas andanças em um depósito de sucata, o Dr. Dyson Ido (Christoph Waltz) encontra...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe