Seu trabalho em editoras como a Charlton Comics, DC Comics e, principalmente, Marvel Comics produziu alguns dos maiores ícones da cultura pop

No último dia 29 de junho o mundo recebeu a triste notícia da morte de Steve Ditko, um dos maiores nomes dos quadrinhos conhecido principalmente por ser o cocriador do Homem-Aranha, mas sua contribuição inclui quadrinhos de diferentes gêneros e personagens clássicos como o Doutor Estranho e Questão.

Steve Ditko nasceu em Johnstown, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, e começou a trabalhar em tiras para jornais associados aos militares, na época em que ainda estava no exército. Após sua saída, foi para Nova York onde estudou na Cartoonist and Illustration School.

Durante a década de 1950, Ditko começou a trabalhar em quadrinhos de terror e ficção científica, gêneros muito populares na época. Muitos desses materiais estão sendo republicados no mercado brasileiro atualmente e podem ser encontrados em coletâneas como a Creepy (Devir), Cripta (Mythos) e na Coleção Incendiária (Mino).

Marvel e os Anos Dourados

Nos anos 1960 a Marvel Comics teve um dos seus períodos de maior criatividade e sucesso. A Casa das Ideias contava com talentos como o de Stan Lee, Jack Kirby, John Romita e, claro, Steve Ditko.

Em 1962, Stan Lee e Jack Kirby começaram a trabalhar em um antigo personagem de Kirby, o Silver Spider. Mas Lee não estava satisfeito com o material e buscava algo diferente, que afastasse um pouco o personagem do estereótipo heroico e grandioso de outros personagens que já faziam sucesso na época.

Com isso, o personagem foi passado para Ditko, que criou o icônico visual do super-herói Homem-Aranha e desenvolveu junto de Stan Lee vários aspectos da sua vida e personalidade.

O sucesso do Aranha deve muito a criação de Ditko. Se a ideia de Lee em mostrar um adolescente com problemas mundanos tendo que vestir o uniforme de super-herói e salvar a cidade já permitia que o público pudesse facilmente se conectar com o personagem, o uniforme criado por Ditko, que esconde completamente a identidade do protagonista, traz a sensação de que o herói pode ser qualquer um de nós.

Ditko também participou da criação de muitos outros personagens importantes dentro do universo do Homem-Aranha como Duende Verde, Abutre, Gwen Stacy, Flash Thompson, Mary Jane, Lagarto e tantos outros.

Um dos momentos mais marcantes da trajetória do personagem foi ilustrado por Ditko. Na edição 33 de The Amazing Spider-Man, o herói está preso sob escombros e precisa se superar para poder sair dali e salvar a sua Tia May. No último filme do personagem, Homem-Aranha – De Volta ao Lar, a cena foi recriada quando Peter precisa se desvencilhar das ferragens para poder frustrar os planos do Abutre.

Doutor Estranho

Outro personagem de sucesso criado por Ditko e Lee nesse período foi o Doutor Estranho, o mestre das artes místicas da Marvel. Nas histórias do personagem, Ditko passou a fazer muitas experimentações gráficas para mostrar os diferentes mundos e planos de existência por onde o mago se aventurava a cada edição.

Outra característica que se destaca no título foi a sutileza no movimento das mãos dos personagens, que no caso do Dr. Estranho eram usadas para fazer as magias. A cara “psicodélica” das edições chamaram a atenção na época e o personagem fez sucesso entre os leitores.

Saída da Marvel, Charlton, DC e o Objetivismo

Ditko se desentendeu algumas vezes com Stan Lee nos anos em que trabalharam juntos, e com o passar do tempo, a relação entre os dois foi ficando cada vez mais distante. Alguns fatores foram determinantes para a saída do artista da Marvel, como o controle editorial de Stan Lee sobre as histórias, o fato de o artista seguir uma filosofia mais conservadora do que Lee, além de diferenças criativas.

Com isso, Ditko deixou a Casa das Ideias e trabalhou durante um período para a Charlton Comics, onde não havia um controle editorial tão grande sobre os artistas. Lá ele criou o Questão, um jornalista que combatia o crime usando uma “pseudoderme” que escondia totalmente seu rosto.

Com o personagem, Ditko passou a colocar cada vez mais sua linha de pensamento nas histórias. O autor era adepto do Objetivismo, corrente filosófica desenvolvida por Ayn Rand que acreditava no individualismo racional. Ditko também criou um personagem parecido na revista independente Witzend, o Mr. A, que também era um jornalista implacável com os bandidos e tinha um cartão com uma metade na cor preta e outra na cor branca, simbolizando o bem e o mal.

Após o período na Charlton, Ditko trabalhou na DC Comics. Lá criou personagens como Rapina e Columba, Rastejante e Shade.

No Brasil, quadrinhos ilustrados pelo artista foram publicados em muitas revistas ao longo dos anos e passaram por várias editoras, desde Ebal, passando por Abril, Panini e tantas outras.

Sua influência nos quadrinhos

No documentário produzido pela BBC In Search of Steve Ditko, Jonathan Ross mostra a carreira de Ditko e conta com declarações de grandes nomes do mercado como Alan Moore, Neil Gaiman, Mark Millar e Stan Lee.
Ditko influenciou muitos artistas através de sua arte e de seus personagens. No documentário, Alan Moore fala sobre como o Questão e Mr. A foram fundamentais para o desenvolvimento de Rorschach.

Homenagens ao mestre

Após a notícia de sua morte, muitas pessoas ligadas aos quadrinhos usaram as redes sociais para homenagear o artista, como Neil Gaiman, Paul Dini, Brian Michael Bendis, além do roteirista do filme do Dr. Estranho, Scott Derrickson, e o atual Homem-Aranha nos cinemas, Tom Holland.

Jim Lee fez sua homenagem compartilhando uma ilustração do Questão e Stan Lee publicou um vídeo homenageando o artista e falando sobre a importância de Ditko para a Marvel e para os quadrinhos.

Ditko foi um dos maiores nomes da Era de Prata e seu trabalho e influência seguiram relevantes ao longo dos anos. Fica aqui minha homenagem a um artista que contribuiu com os quadrinhos de forma inovadora e criativa, impactando a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/07/Steve-Ditko-4.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/07/Steve-Ditko-4-150x150.jpgPedro FariaartigosCharlton,DC,Doutor Estranho,Homem-Aranha,Marvel,Steve DitkoFacebook Twitter Instagram Youtube Seu trabalho em editoras como a Charlton Comics, DC Comics e, principalmente, Marvel Comics produziu alguns dos maiores ícones da cultura pop No último dia 29 de junho o mundo recebeu a triste notícia da morte de Steve Ditko, um dos maiores...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe