Pode parecer bizarro, mas a verdade é que grande parte da culpa do que aconteceu com o universo de super-heróis da DC Comics se deve a uma raça alienígena formada por homenzinhos calvos, idosos e de pele azul.

Os chamados Guardiões do Universo além de, indiretamente, estarem envolvidos em praticamente toda e qualquer crise cósmica que se abate sobre os personagens DC até hoje, também são os criadores do que se costumou chamar de Tropa dos Lanternas Verdes (do qual o herói que todos conhecem – e já devem ter percebido – faz parte).

Poucos meses depois de seu surgimento na revista Showcase 22 em 1950, o Lanterna Verde ganhou sua revista própria, o que também rendeu um aprofundamento em suas origens e motivações. Até então, os leitores sabiam que se tratava do piloto de provas Hal Jordan, que ganhou um anel energético capaz de formar construtos esverdeados dando forma a tudo que sua força de vontade fosse capaz de imaginar.

Mas de onde veio esse anel? Quem o criou? Por que ele foi escolhido?

As respostas sobre as origens desse novo Lanterna Verde (algo que nem mesmo ele sabia com exatidão) foram dadas na primeira edição de sua própria revista, onde ele é abduzido pela raça alienígena conhecida como Guardiões do Universo.

Os Guardiões, personagens criados em julho de 1960, pelo escritor John Broome e pelo desenhista Gil Kane, demonstram ter um grande poder a ponto de deixarem Hal Jordan absolutamente calmo em sua presença e poderem explicar quem são e analisar se ele realmente é digno de ser portador do anel. Constatada a eficiência de Jordan, ele é consagrado como protetor do setor 2814 do universo.

O Universo é dividido em setores nos quais cada um é protegido por um Lanterna, como se fossem distritos policiais. Foram os Guardiões quem criaram esse sistema e administram desde o início dos tempos. Mas esse cuidado todo não é exatamente porque eles são homenzinhos azuis superbondosos. Na verdade, há uma ponta de remorso pelo descontrole que sua raça causou tempos atrás.

Os maltusianos eram uma raça avançadíssima tecnológica e cientificamente. Um desses alienígenas, conhecido como Krona, decidiu criar um maquinário para vislumbrar a criação do Universo. Indo até onde um maltusiano jamais havia chegado, Krona acabou causando um acidente que criou vários universos paralelos, além de uma espécie de anti-universo. Ou seja, foi o responsável pela maioria das crises cósmicas que surgiriam no futuro (e aparecem até os dias de hoje).

Com o tempo, os maltusianos evoluíram e tentaram consertar esse erro. Parte deles, com o tempo, se tornaram os Guardiões do Universo e tentaram várias formas de trazer a ordem universal, culminando com a criação da Tropa dos Lanternas Verdes.

Curiosamente, o desenhista Gil Kane, mesmo lidando com uma raça alienígena tão fantástica, não os imaginava como criaturas tão aberrantes assim (apesar de serem anões azuis e calvos). Para tanto, decidiu dar-lhes as feições do político David Ben-Gurion, nome importante na época e até os dias de hoje, sendo o primeiro-ministro de Israel, pivô das decisões e rumos mais importantes daquele país.

Decisões essas que repercutem até os dias de hoje, idolatradas por uns e rechaçadas por outros, da mesma forma que os Guardiões do Universo, nos quadrinhos, são vistos por todos os planetas.

Marcos Darkprata da casaDC Comics,Gil Kane,Guardiões do Universo,John Broome,Lanterna Verde,ShowcasePode parecer bizarro, mas a verdade é que grande parte da culpa do que aconteceu com o universo de super-heróis da DC Comics se deve a uma raça alienígena formada por homenzinhos calvos, idosos e de pele azul. Os chamados Guardiões do Universo além de, indiretamente, estarem envolvidos em praticamente...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe