Os Falcões Negros eram personagens peculiares dentro dos quadrinhos da época em que foram criados, 1941. Diferentes dos super-heróis uniformizados, eram formados por aviadores experientes, cada um de uma nacionalidade e com características próprias (tanto em habilidades quanto em sua própria concepção visual) que remetiam mais as histórias de guerra do que as de personagens com super-poderes.

Criados por Chuck Cuidera, Bob Powell e Will Eisner (famoso criador do personagem Spirit), os falcões traziam aventuras calcadas na realidade, apesar do estilo caricato do autor ficar evidente nos exageros e tiques dos Falcões.

Publicados pela editora Quality, fizeram sucesso o suficiente para, inclusive, ganharem uma série com atores de verdade (Kirk Alyn no papel do líder chamado de Falcão Negro). Mas, a editora não aguentou o baque das décadas e acabou sendo vendida para a DC Comics (então chamada de National Periodical), lar de Superman e Batman, em 1956, coincidindo com o início da Era de Prata.