O Emmy Awards 2017 que ocorreu no último dia 17 foi um grande dia para as mulheres e a premiação teve dois grandes vencedores: 'The Handmaid's Tale' (6 prêmios) e 'Big Little Lies' (5 prêmios). As duas produções merecem nossa atenção, além de abordarem temas relacionados às mulheres, ambas têm observações referente a isso.

The Handmaid's Tale

A série apresenta uma sociedade distópica em que as mulheres são propriedade do governo dos EUA servem apenas para reprodução e têm todas suas liberdades cerceadas.

Faturou: Melhor série dramática, Melhor atriz em série dramática (Elisabeth Moss), Melhor roteiro em série dramática (Bruce Miller), Melhor atriz coadjuvante em série dramática (Ann Dowd), Melhor atriz convidada em série dramática (Alexis Bledel) Melhor direção em série dramática (Reed Morano; ep Offred).

Perdeu: Melhor atriz coadjuvante em série dramática (Samira Wiley), Melhor direção em série dramática (Kate Dennis; ep The Bridge).

Onde assistir: Produzido pela Hulu (concorrente da Netflix, ainda indisponível no Brasil), Paramount deve exibir a série em 2018, sem data definida.

Curiosidade: A Vencedora do Emmy, Elisabeth Moss, finalmente conseguiu sua premiação depois de ser ignorada por sete anos em seu papel como a Peggy Olsen de "Mad Men". Ela também é produtora executiva da série e acabou levando ainda o Emmy de melhor série dramática.

Big Little Lies

Protagonizada e produzida pelas talentosas Nicole Kidman e Reese Witherspoon, a série aborda a violência doméstica como um de seus temas principais.

Faturou: Melhor minissérie, Melhor atriz em minissérie ou filme feito para TV (Nicole Kidman), Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme feito para TV (Laura Dern), Melhor ator coadjuvante em minissérie ou filme feito para TV (Alexander Skarsgard) e Melhor direção em minissérie ou filme feito para a TV (Jean-Marc Vallée).

Perdeu: Melhor atriz em minissérie ou filme feito para TV (Reese Whitherspoon), Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme feito para TV (Shailene Woodley) e Melhor roteiro em minissérie ou filme feito para a TV (David E. Kelley)

Onde assistir: Produzido pela HBO, estreou por aqui em 19 de fevereiro e está disponível na HBO Go.

Curiosidade: Nicole e Reese decidiram produzir a série quando perceberam que não estavam recebendo papeis relevantes e que se elas quisessem, deveriam buscar por si próprias.

Outras mulheres que merecem o destaque

Lena Waithe que além de negra, se assume queer (não segue binarismo de gênero) foi premiada como melhor roteiro de série de comédia por "Master Of None" ao lado de Aziz Ansari.

“San Junipero", o episódio de “Black Mirror" da Netflix que retrata um romance homossexual através do tempo recebeu o Emmy de melhor filme para TV. Charlie Brooker, disse em seu discurso que os acontecimentos recentes têm feito o mundo parecer muito "Black Mirror", e que "San Junipero" é um episódio sobre o amor — e que, para ele, o amor vai vencer o ódio.

Julia Louis-Dreyfus venceu pela 6ª vez o Emmy como melhor atriz de comédia por "Veep" e bateu recorde de uma atriz ganhando o prêmio pelo mesmo personagem. A atriz também foi indicada seis vezes por seu personagem em "Seinfeld", mas só ganhou uma e foi indicada mais seis vezes por "The New Adventures of Old Christine" e só tinha levado uma vez.

E então o Emmy 2017 foi ou não só delas? Pisa menos mulherada!

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/09/Emmy-Awards-2017.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/09/Emmy-Awards-2017-150x150.jpgMarina CiconeliartigosBig Little Lies,Emmy Awards,The Handmaid's TaleO Emmy Awards 2017 que ocorreu no último dia 17 foi um grande dia para as mulheres e a premiação teve dois grandes vencedores: 'The Handmaid's Tale' (6 prêmios) e 'Big Little Lies' (5 prêmios). As duas produções merecem nossa atenção, além de abordarem temas relacionados às mulheres, ambas...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe