Mais quadrinhos em sala de aula como forma de educação e incentivo à leitura: essa é a proposta do projeto QUATI – Quadrinhos, Educação, Traços e imaginação que, de março a maio, passa por centros culturais da capital com oficinas gratuitas que contemplam o público infantil e educadores.

Tudo isso vai se transformar em uma exposição itinerante para mostrar o trabalho dos participantes. As inscrições são feitas nos locais das oficinas. Este projeto foi realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte/Descentra Cultura. Fundação Municipal de Cultura e é uma iniciativa do coletivo Lady’s Comics.

São oficinas de curta duração ministradas por quadrinistas e pesquisadoras de Belo Horizonte. As aulas para a criançada são divididas em três temas: Pintura e teoria da cor, Tirinhas e Criação de personagem. Com atividades formativas, lúdicas e socioculturais, os professores contribuem para que os primeiros leitores ganhem afinidade com a arte e a tornem auxílio no aprendizado.

Foto André Coelho

Já a oficina Quadrinhos na sala de aula, voltada para os educadores, trabalha a inclusão de quadrinhos no cotidiano escolar como recurso pedagógico. Além de estimular a leitura crítica de texto e imagem, aborda a importância das HQs na formação do leitor e possibilita reflexões sobre o gênero. Além de referências e conteúdo teórico, as aulas trazem exercícios práticos que vão mostrar como os quadrinhos podem ser usados em sala.

Atuando a aproximadamente 7 anos como pesquisadoras e produtoras de conteúdo, por meio do site e eventos, o coletivo Lady’s Comics, composto por Mariamma Fonseca, Samanta Coan e Samara Horta, percebeu uma necessidade de ampliar para além da produção de quadrinhos feito por mulheres. “Pensando na desigualdade de mulheres e homens no cenário dos quadrinhos brasileiros, além da falta de acesso dessas mídias para uma grande parcela da população, chegamos à conclusão que precisamos contribuir e promover novas iniciativas.”, comentam.

Foto André Coelho

Incentivar a leitura e a criação de histórias em quadrinhos desde a infância é um passo inicial para que, no futuro, cresça o número de produtores de HQs, além de leitores com novos olhares sobre a nona arte.

Segundo elas “é parte importante desse processo também trazer os quadrinhos para os dias atuais. Introduzir as Histórias em Quadrinhos ao cotidiano da escola é uma forma de instrumentalizar os educadores para a formação moral e crítica dentro da sala de aula e aproximar os alunos de uma rica e diversificada linguagem”.

Para saber mais sobre o QUATI – Quadrinhos, Educação, Traços e imaginação e conferir as datas das oficinas e os locais acesse projetoquati.com.br.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/03/quati.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/03/quati-150x150.jpgRenato Lebeauprograme-seLady’s Comics,Mariamma Fonseca,QUATI,Samanta Coan,Samara HortaMais quadrinhos em sala de aula como forma de educação e incentivo à leitura: essa é a proposta do projeto QUATI – Quadrinhos, Educação, Traços e imaginação que, de março a maio, passa por centros culturais da capital com oficinas gratuitas que contemplam o público infantil e educadores. Tudo isso...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe