ccjzn

O Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso promove um projeto chamado Semana Temática que chega à sua quarta edição no mês de fevereiro com o seguinte tema: O universo multicultural das  HQ’s.

Com curadoria de Gazy Andraus – professor na UNIFIG, Doutor em Ciências da Comunicação, pela ECA-USP, premiado com a melhor tese de 2006 pelo HQ Mix 2007 – a presente proposta, oferece uma programação sobre a linguagem das histórias em quadrinhos e seu universo multicultural.

Será uma semana em que diversos profissionais da área de quadrinhos estarão presentes em palestras, debates e workshops e o público irá curtir exposições contemporâneas de HQs.

Não perca e se programe para uma semana recheada de conteúdo e entretenimento.

Programação de fevereiro do CCJ – Semana Temática

CCJ Visita: Gibiteca Henfil – Centro Cultural São Paulo
Dia 07, sábado – das 10h | Hall de entrada | 48 vagas

Mensalmente, o CCJ promove visitas monitoradas a equipamentos culturais e patrimônios históricos da cidade. A visita desse mês será na Gibiteca Henfil que possui 75 mil gibis, álbuns, revistas e fanzines.

Exposição: Lanza em Astillero – O cavaleiro Dom Quixote e outras suas tristes figuras – Parceria com o Centro Cultural da Espanha – AECID
De 03 a 28/02 – das 10h às 20 (terça a sábado) e das 10h às 18h (domingo) | Biblioteca

Exposição feita com quadrinhos contemporâneos que reúne alguns dos mais expressivos artistas dos quadrinhos na Espanha, inspirados no romance Dom Quixote de La Mancha. A mostra reúne 22 painéis, com visões bem particulares de diversas passagens da novela de Miguel de Cervantes.

Palestra -Quadrinhos como manifestação artística
Dia 13, sexta-feira – das 16:30 às 18:30| Biblioteca| 50 vagas

Esta palestra enfocará na importância das histórias em quadrinhos para a mente humana, num diálogo integrado entre o criativo e o lógico (imagens e palavras), que auxilia na inteligência e na imaginação e também a questão da autoralidade e do trabalho em conjunto no processo de elaboração de uma HQ.

Gazy Andraus, professor na UNIFIG, Doutor em Ciências da Comunicação, pela ECA-USP, (premiado com a melhor tese de 2006 pelo HQ-MIX-2007)
Gualberto Costa ou Gual, é resumidamente criador do troféu HQ-MIX e diretor da Associação dos Cartunistas do Brasil, além de organizador de vários salões de humor pelo país

Workshop – As HQtrônicas na Internet
Dia 14, sábado – das 14h às 15h30 | Sala de Projetos| 25vagas

Apresentará a atual produção de quadrinhos na Internet (também chamados de webcomics, quadrinhos online ou hqtrônicas), demonstrando as ferramentas utilizadas para a publicação, como blogs e sites específicos de quadrinhos, e evidenciando os principais modelos de negócios nesse novo mercado que surge para as HQs.

Com
Edgar Franco,  quadrinhista e artista multimídia que criou o projeto musical Posthuman Tantra, desdobramento sonoro de sua pesquisa de doutorado na USP que resultou no desenvolvimento do universo ficcional Aurora Pós-humana.
Cadu Simões, quadrinista e historiador, estudante de Grego Antigo, editou junto com o coletivo Sócios Ltda a revista em quadrinhos Garagem Hermética, é membro-fundador do Quarto Mundo, o coletivo de quadrinistas independentes, foi eleito como Roteirista Revelação no 20º Troféu HQMix.

Debate – HQtrônicas e a divulgação na internet
Dia 14, sábado – das 16h às 18h | Biblioteca| 50 vagas

As Histórias em Quadrinhos nos meios eletrônicos, ou HQtrônicas, são uma opção ao meio impresso há algum tempo. Desde o advento dos computadores, quadrinistas das mais diferentes formações e estilos utilizam experimentalmente o suporte digital como alternativa ao papel. Hoje as HQtrônicas se concentram essencialmente na internet, enriquecendo e diversificando sua linguagem e incorporando características da nova mídia.
O público dessa palestra terá a possibilidade de entender como as HQs consolidaram sua linguagem através do século XX e também como ganharam características híbridas nos dias atuais.

Com:
Edgar Franco, quadrinhista e artista multimídia que criou o projeto musical Posthuman Tantra, desdobramento sonoro de sua pesquisa de doutorado na USP que resultou no desenvolvimento do universo ficcional Aurora Pós-humana.
Anselmo Gimenez Mendo, mestre na Área de Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista, a UNESP, autor do livro: História em Quadrinhos – Impresso VS. Web.

Oficina – Da IDÉIA ao ROTEIRO
Dia 15, domingo – das 13h30 às 15h30 | Biblioteca| 25 vagas

Como trabalhar uma história desde uma proposta específica, passando pelo ponto de vista a respeito do tema, até o desenvolvimento de uma trama e de personagens interessantes para o público. Trará dicas práticas de roteirização de HQs focando na relação: comunicador (roteirista) x mensagem (idéia) x receptor (público).
Com Daniel Esteves, roteirista, quadrinista independente, professor nos cursos de Roteiro, História em Quadrinhos, Mangá e diretor da Escola HQEMFOCO.

Oficina – Mangá
Dia 17/02, terça-feira – das 15h às 17h| Sala de Projetos| 20 vagas

Este workshop tem como objetivo demonstrar as especificidades do estilo japonês de fazer quadrinhos, através de seu caráter único de narrativa visual, além de apresentar o software utilizado no Japão para a confecção de mangás.

Com Harriot Junior, roteirista e editor das publicações: Cão e Tokyoaki

Palestra – Mangá: cultura nipônico-brasileira

Dia 17, terça-feira – das 17h30 às 19h30 | Biblioteca| 50 vagas

Esta palestra irá apresentar ao público um pano de fundo sobre a indústria do mangá e suas interações com outros produtos culturais no Japão atual, bem como apontar aspectos do interesse constante do público brasileiro por essa cultura tipicamente japonesa e suas influências entre nós.

Com:
Selma Meireles – Professora doutora na Área de Língua Alemã na FFLCH/USP e pesquisadora do Observatório de Histórias em Quadrinhos da ECA/USP, com ênfase no estudo de mangás.
Patrícia M. Borges – Professora Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia
Universidade Católica de São Paulo, PUC/ SP. Título: Traços ideogramáticos na linguagem dos animes, indicação da tese para o Troféu HQ MIX 2006.

Palestra – A questão do preconceito racial nas HQs
Dia 18, quarta-feira – das 15h às 17h|Biblioteca| 50 vagas

Desde os seus primórdios, os quadrinhos basearam-se na caricatura e nos estereótipos para representar os diferentes grupos étnicos. O exagero nos traços físicos e o tratamento debochado de hábitos e costumes peculiares serviam para ressaltar o “diferente” e provocar o riso. A palestra mostra como esses sinais de preconceito se manifestavam nas histórias-em-quadrinhos e como, aos poucos, eles foram diminuindo. Serão abordados diversos exemplos, com destaque para personagens negros.

Com Nobu Chinen professor universitário e redator da seção VuptVaptPum, página semanal sobre HQs, publicada entre 1987-1989, no jornal Valeparaibano, de São José dos Campos. Organizador da Primeira Expo Quadrinhos do Vale, em 1986. Ex-editor do fanzine Clube do Mangá, da Abrademi. Colaborador dos livros “Hentai. A Sedução do Mangá” e “O Tico-Tico. Centenário da Primeira Revista de Quadrinhos do Brasil”.

Palestra –  O universo feminino nas HQs
Dia 18, quarta-feira – das 17h30 às 19h30|Biblioteca| 50 vagas

Abordará a  representação das mulheres e do universo feminino nas HQs (autoras, leitoras,  personagens bravas e sensuais,  enfoques para Re bordosa , Maitena , Monica e Valentina, Junks).

Com
Patrícia M. Borges,  Professora Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia
Universidade Católica de São Paulo, PUC/ SP. Título: Traços ideogramáticos na linguagem dos Animes, indicação da tese para o Troféu HQ MIX 2006.

Oficina – Caricatura digital
Dias 19 e 20, quinta e sexta-feira – das 14h às 15h30| Sala de Projetos| 25 vagas

Os participantes irão aprender a transformar fotografias em caricaturas. Utilizando o programa Gimp, de fácil manipulação de imagem, será ensinado como é possível fazer um trabalho de nível profissional de uma maneira simples.
Com Rodrigo Nogueira – artista gráfico, arte-finalista e ilustrador 2D, com habilidade em criação de personagens, quadrinhos e desenvolvimento de HQs.

Oficina – Charge, cartum e caricatura

Dia 19, quinta-feira, – das 16h às 18h | Ateliê | 20 vagas

Nesta oficina os participantes irão conhecer a diferença entre esses três gêneros, uma introdução a história da Charge e aprender a fazer caricaturas: quando o segredo não é só exagerar pra mais.

Com Bira Dantas, cartunista, ilustrador e chargista vencedor de vários prêmios em salões de humor nacionais e internacionais, com história em quadrinhos publicada fora do País. Foi um dos desenhistas da saudosa revista em quadrinhos Os Trapalhões (Bloch), entre 1980 a 1982, e colaborou em diversas revistas como Porrada, Megazine e Bundas, além dos jornais Folha da Tarde (São Paulo/SP), Diário do Povo (Campinas/SP) e Pasquim21, entre outros. O artista também ilustrou livros didáticos das editoras Ática e Atual.

Oficina – criação e roteiro de HQ comercial de forma autoral
Dia 20, sexta-feira – das 16h às 18h| Sala 11|  25 vagas

Este workshop apresentará a possibilidade de criação de histórias em quadrinhos dentro de uma proposta pré-estabelicida, porém correspondendo ao mesmo tempo o anseio do solicitante, no caso, a editora, e o anseio artístico do desenhista/roteirista.

Com Laudo Ferreira, ilustrador, seus principais trabalhos são A Voz do Louco (série de tiras publicada em jornais das cidades de Algarve e Portimão, Portugal); Balada para o Futuro (Complexo Cultural D. Pedro II, 1987); Hugo Terrara (Complexo Cultural D. Pedro II, 1988); À Meia-Noite Levarei a sua Alma (Nova Sampa, 1995); O Duelo (Edição de Edgard Guimarães, 1992), e Subversivos – Companheiro Germano (Editora Nona Arte, 2000). Também ilustrou O Estranho Mundo de Zé do Caixão – Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver (Taquara Editorial, 1997) e participou da coletânea Brazilian Heavy Metal (Comix, 1999??) com uma HQ do Zé do Caixão. Atualmente trabalha regularmente a série Sacanagens da Tianinha (Editora Rickdan).

Debate – Blog de HQ : divulgação
Dia 20, sexta-feira – das 19h às 21h| Biblioteca| 50 vagas

A proposta deste debates será discutir a importância divulgação online das histórias em quadrinhos por meio dos blogs.

Com
Paulo Ramos – jornalista, professor universitário, consultor de língua portuguesa da Folha de S.Paulo e do UOL, co-autor do livro “Como Usar as Histórias em Quadrinhos na Sala de Aula” (Editora Contexto), criador do Blog dos Quadrinhos (foi premiado como Articulista de quadrinhos).
Renato Lebeau – criador do blog Impulso HQ, é designer Gráfico – Graduado na Oswaldo Cruz – Criação e desenvolvimento de projetos gráficos. Atuou em empresas de presentes corporativos e publicidade e propaganda, é um pesquisador e admirador da arte seqüencial.

Diálogos com Marcatti – Do quadrinho alternativo à HQ Literária
Dia 15, domingo – das 16h às 18h | Biblioteca|  25 vagas

O projeto Diálogos promove encontros mensais com personalidades dispostas a compartilhar suas experiências com público jovem. Em fevereiro o convidado é  Francisco A. Marcatti Jr,  considerado o mais importante autor de quadrinhos underground no Brasil. Publica desde 1977 e tendo uma lista imensa de trabalhos consagrados, com destaque aos livros lançados pela Conrad Editora: Mariposa (recebeu prêmio Ângelo Agostini de melhor roteirista de 2005) e A Relíquia (adaptação para os quadrinhos da obra homônima escrita por Eça de Queiroz, em 1887).

Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso

Fone: 3984-2466 – ramal 33
http://ccjuve.prefeitura.sp.gov.br/

Renato Lebeauprograme-seCentro Cultural da Juventude Ruth Cardoso,gazy andraus,O universo multicultural das HQ’sO Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso promove um projeto chamado Semana Temática que chega à sua quarta edição no mês de fevereiro com o seguinte tema: O universo multicultural das  HQ’s. Com curadoria de Gazy Andraus - professor na UNIFIG, Doutor em Ciências da Comunicação, pela ECA-USP, premiado com...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe