Evento reunirá obras de mais de 40 quadrinhistas brasileiros em Campinas

As comemorações do Dia do Quadrinho Nacional, celebrado no dia 30 de janeiro, se espalham por todo o Brasil, e Campinas, cidade reconhecida como um grande celeiro de quadrinhistas, também não vai deixar de render suas homenagens à data.

Quem puder aproveitar, a partir deste sábado, dia 28 de janeiro, mais de 40 artistas de todo País terão suas obras expostas na Exposição “Desbravadores”, no Espaço Cultural Pandora (Cambuí). A exposição conta com trabalhos de autores como Dalcio Machado, Estevão Ribeiro, Bira Dantas, Laudo Ferreira, Mario Cau, Will, Danilo Beyruth e Samanta Floor.

“O Dia Nacional do Quadrinho é uma homenagem a Angelo Agostini, pioneiro das HQs que publicou a primeira história em quadrinhos brasileira em 30 de janeiro de 1869. Por essa razão, a ideia da exposição é homenagear outros desbravadores da área, reunindo artistas de Campinas e de todo o País.”, diz Mário Cau, curador da mostra.

Todos os que participam da exposição dedicam a sua vida profissional aos quadrinhos, charges e cartuns, como Dalcio Machado, por exemplo, que terá exposta a caricatura de Chico Buarque que venceu o Salão de Piracicaba em 1999 e iniciou um novo estilo de fazer caricaturas no País, com mais atenção à textura e detalhes da pele dos caricaturados. Além disso, o autor que teve sua primeira charge publicada em jornal aos 16 anos foi um dos primeiros brasileiros a desbravar – e vencer – um grande número de salões internacionais.

Estevão Ribeiro, autor de Os Passarinhos, representa os pioneiros das tiras publicadas em blog. Os personagens do carioca Ribeiro fizeram tanto sucesso que também já viraram duas coletâneas impressas e até bichinhos de pelúcia.

Recém-homenageado com o prêmio mestre dos quadrinhos, Bira Dantas é um dos pioneiros do quadrinho sindical e da presença brasileira em países como a Coréia, por exemplo.

DJota Carvalho trouxe os quadrinhos regionais de volta para as páginas do Correio Popular de Campinas em 2011 e, após sete anos de tiras diárias no impresso, desbravou outro terreno: as tiras no site Educacional Correio Escola, focadas para o professor e trabalhos em sala de aula.

Eduardo Ferigato (junto com Marcela Godoi) foi um dos primeiros a conquistar o ProAc (Programa de Ação Cultural do estado de SP) com a revista Fractal, até então bancada com recursos próprios, e é o primeiro desenhista brasileiro fixo a produzir o personagem Fantasma, o Espírito-que-Anda.

Laudo Ferreira foi o primeiro brasileiro a produzir uma Graphic Novel realista sobre a vida de Jesus (Yeshua). E assim por diante.

“De certa forma, todo quadrinhista é um desbravador, pois ainda que o mercado tenha melhorado muito no Brasil e a Internet tenha aberto um novo espaço para a nona arte, ainda é muito difícil levar quadrinhos, cartuns, charges e caricaturas ao grande público. Então esta exposição é uma homenagem justa ao Dia do Quadrinho e a quem se dedica a este tipo de arte no Brasil”, pontua Ricardo Quintana, do Espaço Cultural Pandora.

A mostra terá trabalhos de André Leal (São Jorge da Mata Escura), Bira Dantas (Tatuman), Carriero (Brasiu), Caeto (Memória de Elefante), Caio Majado (3 Tiros, 2 Otários; Consequências), Caio Yo (Caraminhola), Catia Ana (O Diário de Virgínia), Danilo Beyruth (Necronauta), Davi Calil (MSP Novos 50), Denis Mello (Beladona, Saidêra), Digo Freitas (Esboçais), DJota Carvalho (Só Dando Gizada), Eduardo Ferigato (Fractal/Fantasma), Estevão Ribeiro (Os Passarinhos), Felipe Nunes (SOS), Flávio Luiz (O Cabra), Fred Hildebrand e Ana Recalde (Patre Primordium), Giorgio Galli (Salomão Ventura), Hugo Nanni (Clube da Voadora), João Azeitona (Zine Supreme), Laudo Ferreira (Yeshua), Leo Finocchi (Nem Morto), Leonardo Maciel (Nabunda Nada), Lu Cafaggi (Mixtape, Los Pantozelos), Magno e Marcelo Costa (Oeste Vermelho), Mário Cau (Pieces/MSP+50), Mario Cesar (EntreQuadros), Pedro Cobiaco (Bolhas), Raphael DeLatorre / Marcelo Maiolo / Beto Scoob (Fade Out), Raphael Salimena (St. Bastard, Linha do Trem), Samanta Floor (Toscomics), Vitor Cafaggi (Valente, Duo.tone), Vitor Gorino(Cidadão Invisível), Will (Sideralman, Demetrius Dante), Will Leite (Willtirando), Wanderson de Souza, Daniel Esteves (Nanquim Descartável), Gabriel Bá e Fábio Moon (Daytripper).

A exposição tem entrada franca e fica aberta de segunda a sábado, até 24 de fevereiro de 2012.

Exposição Desbravadores
De 28 de janeiro a 24 de fevereiro de 2012
Sábados, das 9h às 13h e de segunda a quinta-feira das 9h às 21 h. Às sextas das 9h às 18h

Espaço Cultural Pandora
Rua Joaquim Novaes, 146 – Cambuí
Campinas – SP
(19) 3234-4443

Renato LebeauagendaDesbravadores,Espaço Cultural Pandora,Mário CauEvento reunirá obras de mais de 40 quadrinhistas brasileiros em Campinas As comemorações do Dia do Quadrinho Nacional, celebrado no dia 30 de janeiro, se espalham por todo o Brasil, e Campinas, cidade reconhecida como um grande celeiro de quadrinhistas, também não vai deixar de render suas homenagens à data. Quem...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe