Entre muitas novidades, Maurício de Sousa afirmou que os lançamentos de livros não serão publicados necessariamente pela editora Panini

Para marcar o lançamento de Turma Mônica Jovem nº43, que traz o encontro da turma criada por Mauricio de Sousa com os personagens do mestre do mangá Osamu Tezuka, ontem, dia 28 de fevereiro, aconteceu um bate-papo e sessão de autógrafos na Livraria Saraiva do shopping Center Norte (SP), claro, com a presença do criador da Turma da Mônica.

O bate-papo teve início por volta das 18h com a chegada de Maurício e seus assessores. Sempre de bom humor e esbanjando simpatia, começou falando que aquele era um momento para falar de HQs, carreira e Turma da Mônica Jovem, que com 43 meses de publicação é um sucesso editorial no Brasil e no mundo, alcançando a marca de meio milhão de tiragem.

Para Mauricio, essa é mais que uma prova que a história em quadrinhos está viva e atuante na mente e no coração das pessoas: “HQ é uma mistura de arte e texto, um registro histórico de costumes e cultura”, disse, e completou falando da atual fase do mercado editorial de quadrinhos nacionais, que na sua concepção nunca esteve tão rico e diferenciado: “Não há só Turma da Mônica, tem muita coisa acontecendo. Para conseguir entrar é necessário esforço, talento, oportunidade e um pouco de sorte.”

Sobre a produção das revistas, Maurício afirmou que atualmente eles trabalham sempre três números à frente, e em relação aos roteiros sempre com seis meses de antecedência.

“Quando pensamos no encontro, fui motivado por duas ou três forças, mas a principal foi a de juntar em uma mesma cruzada personagens de outro universo. Esse é o sonho de todo contador de história. Eu gostaria muito de ver meus personagens com o Homem-aranha, Pato Donald, Menino Maluquinho e outros.”, disse Mauricio quando falou do porque de criar um encontro com os seus personagens com os de Tezuka.

Vale lembrar que os personagens de Tezuka nunca se encontraram com nenhum outro, pois esse encontro nunca foi permitido. O criador da Turma da Mônica explicou que ele acredita que conseguiu devido a sua história com Tezuka, que veio ao Brasil em 1985, e os dois se tornaram grandes amigos em menos de dois anos. A dupla conversava muito sobre os caminhos da produção e HQs: “Nunca trabalhe tanto a ponto de esquecer as coisas boas da vida”, dizia Tezuka à Mauricio, que disse que em seus últimos tempos, o mangaká estava envolvidos com temas mais poéticos, ecologia e paz mundial.

“Não sei o que vem pela frente, mas os personagens de Tezuka estão meio esquecidos. Está na hora de conhecermos melhor esse trabalho”, afirmou Mauricio, quando se referiu a outro motivo por ter realizado o encontro. E para os presentes entenderem melhor e conhecer mais sobre a Tezuka Produções, foi apresentado um vídeo com o depoimento do presidente da empresa em sua sede central em Tóquio.

O ano de 2012 promete ser agitado para a Mauricio Produções. Estão programados mais desenhos animados, a reformulação do site, games, revistas jovens adultos (graphic novels) e o Chico Moço, que segundo Mauricio de Sousa, a intenção é lançar até o meio do ano para o evento Rio + 20. Isso reforça a ideia de que Chico Moço estará bastante envolvido com ecologia também.

Não é mais segredo que a Mauricio Produções está em negociação para fazer o personagem Neymar, e as negociações estão quase concluídas: “Só falta a mãe e o pai dele aprovarem os desenhos de como ficou o personagem”, disse Mauricio.

Outro lançamento que Mauricio está envolvido é com a publicação “Ouro da Casa”, que assim como MSP 50, mostrará a turma na visão de outros artistas, só que dessa vez será com os artistas que já trabalham na Mauricio Produções: “Os convidados estão mais ou menos escondidos dentro da nossa casa. Talvez eu perca alguns profissionais no estúdio, mas o Brasil ganhará ótimos artistas”, afirmou Mauricio quando se referiu a publicação e tamanha a surpresa com o resultado.

Uma novidade para a Turma da Mônica Jovem é que em breve eles farão uma viagem para o Japão. A história terá como objetivo desmistificar o medo do terror como vazamentos de usinas nucleares e terremotos. Para Mauricio, o Japão é um dos lugares mais bonitos do mundo e ele espera que com essa história ele consiga inspirar alguns viajantes.

E o ritmo de produção será frenético. Foi confirmado pelo menos 100 livros da Turma para esse ano. Os principais lançamentos estarão prontos para a Bienal do Livro. “Agora temos a liberdade de fazer livros com outras editoras. Quero entrar mais na cultura e na educação. Gostaria de fazer um projeto de pré-alfabetzação com o governo brasileiro, igual faço na China”, comentou Mauricio sobre as suas futuras ambições.

Para 2013 foi apenas comentado que o ano marcará um aniversário importante, mas que isso ainda não poderia ser dito, e que eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas também estão nos planos.

Quando perguntado por que escolher a Turma da Mônica Jovem e não a clássica para fazer o encontro com os personagens de Tezuka, foi explicado que no final dos anos de 1980 a ideia inicial era de fazer um filme com os personagens em uma aventura onde colocasse a turma em perigo no Amazonas. O grande empecilho na época foi justamente aliar a idade e a altura dos personagens. Situação que só foi resolvida na época do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, quando Maurício decidiu lançar uma história em mangá, daí nasceu a Turma da Mônica Jovem e o encontro nos quadrinhos foi possível. Sobre o filme Mauricio disse que essa ideia realmente ficará para depois.

E a Turma da Mônica Jovem veio para ficar, dizendo que adora inventar, Mauricio não vê nenhum problema em expandir os personagens para outras mídias, aliás, ele se demonstrou aberto a criação: “Se deixarem, faço a Turma Adulta daqui quatro ou cinco anos. São 200 artistas trabalhando no estúdio, cada um com uma sugestão do que pode ser feito. Isso é criação coletiva. Adoro ser convencido e sair da rotina.”, disse Mauricio.

Mauricio disse mais sobre a produção de gibis, dizendo que é um produto comercial que custa caro, e que tem toda uma operação que merece cuidado para não deixar que a revista não chegue no prazo, e ainda afirmou que é uma atividade em que não se pode descansar, pois existem fortes concorrentes no mercado, principalmente estrangeiros.

Sobre álbum de figurinhas da Turma da Mônica Jovem, por enquanto não há nada definido, mas também não há nada descartado. Mauricio lembrou que está em uma editora, a Panini, que é especialista nesse produto, e ele acredita que as projeções serão em torno da Copa do Mundo e das Olimpíadas.

Sempre gostando de inventar, Mauricio disse que ontem mesmo resolveu criar uma revista da Turma da Mônica sobre ecologia em 180 idiomas. Ele não sabe como será o projeto, mas espera contar com a ajuda do Itamarati.

“Não tenho contrato com a FIFA para fazer algo oficial da Copa do Mundo. Imagino que lançaremos algo, assim, como todos estarão. Eu gostaria muito de trazer de volta personagens como o Ronaldo e Pelezinho”, disse Mauricio quando questionado se iria fazer um álbum especial para a Copa.

Outras novidades:

– Cascão Jovem Especial está previsto para o mês de novembro;

– Outro encontro com os personagens de Tezuka depende ainda de negociações, mas outros crossovers estão sendo pensados. Não sendo concorrente direto, Mauricio não vê nenhum problema em novos encontros com outros personagens, desde que não haja nenhuma impossibilidade ou tenha problemas de direito autoral;

– Está em estudo a possibilidade de um filme da Turma da Mônica Jovem em live action, ou seja, com pessoas reais. Contato com algumas produtoras já estão sendo feitos;

– O filme A Princesa e o Robô talvez será refeito e em 3D;

– Será bem mais difícil vermos um crossover da Turma da Mônica Clássica com outros personagens. Por enquanto não há a possibilidade;

– Maurício não descartou a ideia da aventura com o encontro com os personagens de Tezuka virar um álbum de luxo. “Não acredito no fim do livro. Foi lançada em forma de revista porque queríamos lançar a história rapidamente. Mas nada impede que mais pra frente seja publicado um álbum com as duas histórias juntas e colorido. Tudo é possível”, concluiu Mauricio.

E para finalizar deixamos aqui registradas as palavras que Mauricio de Sousa usou para definir a sua carreira: “Quero mais.”

Veja a galeria de fotos do bate-papo com Mauricio de Sousa na nossa página do Facebook.

Fique atento leitor: semana que vem aqui no Impulso HQ uma grande surpresa para os leitores da Turma da Mônica Jovem. Aguardem.

Renato Lebeaucobertura de eventosMauricio de Sousa,Osamu Tezuka,turma da Mônica,Turma Mônica JovemEntre muitas novidades, Maurício de Sousa afirmou que os lançamentos de livros não serão publicados necessariamente pela editora Panini Para marcar o lançamento de Turma Mônica Jovem nº43, que traz o encontro da turma criada por Mauricio de Sousa com os personagens do mestre do mangá Osamu Tezuka, ontem, dia...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe